mano menezes cruzeiro

O assédio do Palmeiras a Mano Menezes parece não preocupar a nova diretoria do Cruzeiro.

Wagner Pires de Sá, sucessor de Gilvan de Pinho Tavares, autorizou um encontro entre Itair Machado, novo homem forte do futebol do clube, e o treinador para discutir a renovação. A reunião ocorre na tarde desta terça-feira (17).

Em breve contato telefônico com o UOL Esporte, o atual mandatário do Cruzeiro disse não se preocupar com o interesse dos paulistas na busca pelo gaúcho.

"O interesse do Palmeiras pelo Mano, eu soube pela imprensa, não tem como eu me preocupar. Não sei qual o nível da procura, se foi feita oferta ou não. Ele é um nome importante do futebol brasileiro, talvez o mais importante depois dessa conquista [Copa do Brasil 2017]. Vamos nos reunir e conversar com ele para passar o que queremos e planejamos", afirmou.

A reportagem do UOL revelou, na manhã desta terça-feira (17), qual a intenção do clube na conversa com o treinador. Os mineiros pretendem apresentar uma oferta salarial de R$ 650 mil mensais -um reajuste de 30% nos vencimentos do treinador.

O Cruzeiro prometerá a contratação de no mínimo três reforços de peso. A ideia é atender aos pedidos do comandante e dar carta branca na busca por reforços. Mano quer um lateral direito, um zagueiro e um atacante para 2018.

Por fim, Gilvan de Pinho Tavares, mandatário da Raposa até dezembro de 2017, promete ajudar na conversa com o técnico. A boa relação do dirigente com o técnico é um fator positivo. (Folhapress)

Leia mais:

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA