Gol de Vinicíus Tanque deu a vitória ao Botafogo (Foto: Twitter Botafogo)
vinicius tanque botafogo

O Botafogo se encaminhava para novo tropeço no Nilton Santos, mas surpreendeu com um gol no final nesta quarta-feira (11). Após ser derrotado pelo Vitória na partida anterior do Brasileiro, o time alvinegro venceu a Chapecoense por 2 a 1, de virada, pela 27ª rodada.

O Botafogo pressionou bastante a Chapecoense em busca do primeiro gol, que não saiu no primeiro tempo. Um dos melhores lances ocorreu com Brenner após chute cruzado de Guilherme. O camisa 9 do time alvinegro tentou desviar de letra, mas parou no goleiro Jandrei.

O goleiro Gatito Fernandez parecia mero espectador na partida já que a Chapecoense pouco ficava com a bola. Mas no primeiro ataque dos visitantes, aos 14 minutos do segundo tempo, o zero saiu do placar. Túlio de Melo cruzou na medida para Apodi marcar de cabeça.

Em desvantagem, o Botafogo precisou controlar os nervos para seguir na partida. Para sorte do time, o empate saiu seis minutos depois. Em jogada ensaiada, Carli ganhou de cabeça e mandou para o fundo da área. Brenner mostrou faro de artilheiro e completou para o fundo das redes.

O gol da virada saiu na base da insistência, apenas aos 50 minutos do segundo tempo. Rodrigo Pimpão levantou bola na área, e Vinícius Tanque cabeceou para o gol.

Com o resultado, o Botafogo chegou aos 41 pontos, mas poderá ser ultrapassado pelo Flamengo, que encara o Fluminense nesta quinta-feira (12), no Maracanã. O time alvinegro atualmente ocupa a sexta colocação.

A Chape, por outro lado, chega aos 33 pontos e permanece no meio de tabela. Os catarinenses, porém, precisam abrir os olhos na luta contra o rebaixamento, já que estão a três do Sport, que ainda entrará em campo nesta rodada.

BOTAFOGO

Gatito Fernandez; Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes (Marcos Vinicius), Bruno Silva e João Paulo; Guilherme (Rodrigo PImpão) e Brenner (Vinícius Tanque). T.: Jair Ventura

CHAPECOENSE

Jandrei; Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Canteros, Moisés Ribeiro (Elicarlos), Lucas Mineiro e Alan Ruschel (Penilla); Wellington Paulista e Túlio de Melo. T.: Emerson Cris

Estádio: Nilton Santos, no Rio

Juiz: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Cartões amarelo: Matheus Fernandes (BOT); Apodi , Douglas Grolli e Moisés Ribeiro (CHA)

Gols: Apodi (CHA), aos 14 minutos, Brenner (BOT), aos 20 minutos, e Vinícius Tanque (BOT), aos 50 minutos do segundo tempo

Leia mais

No reencontro com Atlético-PR, Walter marca e garante empate ao Atlético-GO

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA