James Rodrigues
james rodrigues

Com gol de Paolo Guerrero, o Peru empatou por 1 a 1 com a Colômbia nesta terça (10), em Lima, em duelo direto por um lugar na Copa do Mundo de 2018.

O resultado confirmou a classificação dos visitantes e mandou os donos da casa para a repescagem. O encerramento das eliminatórias sul-americanas para o Mundial da Rússia teve ainda a ratificação da vaga do Uruguai e a eliminação dos paraguaios.

Depois de um primeiro tempo sonolento no Estádio Nacional, James Rodríguez abriu o placar para os colombianos aos 10 minutos da etapa final.

A derrota eliminaria os peruanos, mas Guerrero, aos 30 minutos, cobrou falta com precisão e venceu Ospina -os visitantes reclamaram que o tento foi irregular por ser tiro livre indireto, mas o próprio goleiro tocou na bola antes de ela entrar.

O empate deixou a Colômbia em quarto lugar nas eliminatórias, com 27 pontos, um a mais que o Peru, que, com a quinta colocação, disputará em novembro uma vaga na Copa do Mundo contra a Nova Zelândia, campeã do qualificatório da Oceania.

TRADIÇÃO CELESTE

No Estádio Centenário lotado, em Montevidéu, o Uruguai confirmou sua classificação para a Copa do Mundo e a segunda posição no qualificatório ao superar a Bolívia por 4 a 2 de virada.

Com a dupla Suárez e Cavani, além do cruzeirense De Arrascaeta, a seleção celeste entrou em campo sabendo que só uma derrota para a vice-lanterna aliada a uma improvável combinação de resultados a levaria para a repescagem.

O improvável até ocorreu aos 23 minutos do primeiro tempo, quando Godin foi afastar a bola e carimbou o companheiro Gastón Silva. A bola acabou morrendo no fundo das redes.

No entanto, o Uruguai tratou de reagir e garantir a festa em Montevidéu ainda na etapa inicial. Cáceres, desviando chute cruzado na área aos 39 minutos, e Cavani, de cabeça aos 43 minutos, viraram a partida -o parceiro de Neymar no PSG fechou as eliminatórias no topo da artilharia, com dez gols

No segundo tempo, o show foi de Suárez, que anotou aos 14 minutos, tocando na saída do goleiro, e aos 30 minutos, em chute cruzado. Godín, em outro gol contra, ainda descontou para os bolivianos aos 33 minutos.

Com o resultado, a seleção celeste fecha o qualificatório com 31 pontos, a oito do Brasil. A Bolívia ficou em penúltimo, com 14.

ADEUS, PARAGUAI

Com os resultados da rodada, bastava ao Paraguai vencer a lanterna Venezuela no Estádio Defensores del Chaco abarrotado, em Assunção, para ir à repescagem no lugar do Peru. Mas a equipe da casa foi surpreendida e derrotada por 1 a 0.

Com o atacante corintiano Romero entre os titulares, os paraguaios tentaram pressionar o jogo inteiro, mas se mostraram desorganizados e chegaram a ser ameaçados em muitos momentos pela pior seleção do qualificatório.

O desespero aumentou na reta final da partida com a insistência do zero no placar. Mas quem marcou foi a Venezuela, com Herrera, aos 39 minutos do segundo tempo, após ótima jogada de Otero, do Atlético-MG.

Com o resultado, a equipe do técnico Francisco Arce termina as Eliminatórias na sétima colocação, com 24 pontos. Os venezuelanos somaram 12.

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA