Neymar e Cavani no momento do pênalti
cavani e neymar

Neymar e Cavani se desentenderam duas vezes durante o segundo tempo da partida entre PSG e Lyon, neste domingo (17), pela 6ª rodada do Campeonato Francês.

Primeiro o brasileiro venceu a discussão para fazer uma cobrança de falta. Depois ele ficou contrariado porque Cavani cobrou e desperdiçou um pênalti.

Essa situação já tinha virado assunto no PSG, pois Cavani estava cobrando todos pênaltis. O técnico Unai Emery foi questionado sobre isso durante a semana e disse que a situação estava resolvida. Mas esse entendimento não foi visto em campo.

No jogo deste domingo, quando Neymar sofreu uma falta perto da área, Daniel Alves pegou a bola e foi entregá-la ao compatriota. Cavani tentou se intrometer para cobrar a falta, mas não conseguiu. O brasileiro bateu bem e levou perigo, mas o goleiro Anthony Lopes defendeu.

Mais tarde, Mbappé sofreu pênalti. Cavani pegou a bola e, quando estava se preparando para cobrar, foi abordado de novo por Neymar, que pediu para bater. Após a recusa do uruguaio, o camisa 10 saiu balançando a cabeça negativamente, visivelmente contrariado.

Após a partida, Emery comentou sobre o ocorrido: "vamos resolver no grupo. Tem vários jogadores que podem cobrar os pênaltis. Os dois são capazes de cobrar os pênaltis e não há uma hierarquia. Se não há um acordo entre os dois, tomarei uma decisão."

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA