Daniel Ricciardo
cingapura

Daniel Ricciardo dominou o primeiro dia de atividades para o GP de Cingapura, nesta sexta (15), liderando as duas sessões de treinos livres no circuito de Marina Bay e comprovando a expectativa de que a Red Bull deve andar bem neste final de semana, colocando-se na briga junto com Ferrari e Mercedes.

Ainda na quinta-feira (14), Ricciardo já se mostrava confiante. "Ficaria decepcionado se saísse daqui sem um pódio. Mas meu alvo na verdade é mais do que isso", afirmou o piloto, ouvido pelo reportagem.

Tanto, que seu companheiro, Max Verstappen, foi o segundo colocado. A terceira colocação ficou com Lewis Hamilton, que foi sete décimos mais lento que o líder.

O líder do campeonato espera ter dificuldades em Cingapura.

"Nós melhoramos desde Budapeste [outro circuito travado], mas não acho que conseguimos curar tudo. Estamos aprendendo a explorar melhor o carro. Será interessante aqui porque não temos a pressão aerodinâmica para usar como arma contra outras equipes, então acho que será muito apertado e deve ser uma corrida difícil para nós, mas ainda temos o plano de vencer, então temos de nos certificar que vamos nos preparar da melhor forma possível", disse o inglês, que tem três pontos de vantagem para Sebastian Vettel.

O alemão não demonstrou seu ritmo no segundo treino livre, pois fez sua melhor volta com o pneu macio, o mais duro e lento usado neste final de semana. Com isso, o alemão foi apenas o 11º, mas havia feito a segunda melhor marca no primeiro treino livre e deve estar competitivo para a classificação, que será disputada a partir das 10h (de Brasília) do sábado (16).

Horas antes, das 7h às 8h (de Brasília), os pilotos terão a última chance de acertar seus carros, na terceira sessão de treinos livres.

Em uma pista que deve ser ruim para a Williams, Felipe Massa não foi bem no primeiro dia de atividades: o brasileiro foi 14º na primeira sessão e 15º na segunda.

Como o traçado de Marina Bay requer muita pressão aerodinâmica, carros como a Renault e a McLaren devem estar na frente da Williams neste final de semana. O piloto da Renault Nico Hulkenberg, inclusive, surpreendeu e foi quinto colocado no treino livre, com Vandoorne e Alonso, da McLaren, logo atrás.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA