Fábio Carille - Técnico (Foto. Agência Corinthians)
carrile sobre santos

O técnico Fábio Carille afirmou que os erros de passe do Corinthians foram cruciais na derrota por 2 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro. Os gols santistas saíram justamente após erros corintianos com a bola no campo ofensivo, no duelo deste domingo (10), pelo Brasileiro.

"Os erros de passe me chatearam, podemos ser muito melhores nisso. As oportunidades de Santos foram em erros de passes nossos", argumentou o treinador corintiano, que admitiu a necessidade de evolução do Corinthians nas próximas semanas.

"Fizemos um bom jogo aqui, criamos oportunidades. Os dois gols do Santos foram em erros nossos, o Santos jogou em nosso erro. Sabemos que a gente tem que melhorar, são três derrotas em quatro jogos, temos que melhorar", disse.

Duas das três derrotas corintianas foram consideradas inesperadas pelo treinador: os resultados negativos em casa contra Vitória e Atlético-GO. A oscilação, no entanto, não incomoda Fábio Carille para as próximas rodadas da competição nacional.

"Este começo de segundo turno não é o esperado, mas a gente vai melhorar. [...] Vou pensando jogo a jogo. Temos sete pontos de vantagem, e não é fácil tirar sete pontos. O que mais me deixou chateado foram os resultados em casa, mas dá para trabalhar e estamos trabalhando", comentou.

"O nosso primeiro turno foi fora do normal, mas o próprio Grêmio fez quatro pontos até agora no segundo turno. Estamos com a vantagem do primeiro turno e sabemos tudo sobre os adversários também. [...] Temos que continuar focados", afirmou o treinador.

Fábio Carille terá uma pausa em relação ao Campeonato Brasileiro. Na quarta-feira (13), em casa, a equipe alvinegra recebe o Racing, da Argentina, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

No próximo domingo (17), diante do torcedor em Itaquera, contra o Vasco, Carille e o Corinthians buscarão a reabilitação após dois resultados negativos consecutivos. O líder da competição soma 50 pontos após 23 rodadas.

LEVIR

O treinador do Santos, Levir Culpi, também falou sobre a partida. Ele destacou a tranquilidade para viajar a Gauayaquil após a vitória no clássico. A equipe santista encara o Barcelona do Equador na quarta-feira, pela Copa Libertadores da América.

"Vencer o clássico desta maneira joga todo mundo lá para cima, salvou a nossa viagem. Se fosse para o Equador com uma derrota, olha o peso que seria. Tomara que o time siga nesta batida."

Apesar do clima bom, Levir precisou lamentar as baixas dos lesionados Gustavo Henrique e Copete. Os dois deixaram o clássico na Vila com problemas físicos -o zagueiro sentiu o joelho direito, e o atacante colombiano, a coxa direita. As primeiras avaliações dos médicos já tiraram a dupla dos planos da comissão técnica.

"Os dois não vão, permanecem, mas vamos com outros", disse o treinador do Santos.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA