Foto: Daniel Augusto / Agência Corinthians
ultimo minuto

Com quatro desfalques e sem apresentar um futebol convincente, o Corinthians venceu a Chapecoense por 1 a 0, nesta quarta-feira (23), na Arena Condá, em Chapecó, em jogo adiado da 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com a vitória, a equipe alvinegra chegou aos 50 pontos -dez a mais do que o Grêmio, vice-líder da competição.
Assim, o time dirigido por Fábio Carille iguala a vantagem estabelecida após a 13ª rodada, a maior até agora entre o primeiro e o segundo colocado na edição deste ano da competição.

O clube também se reabilita da derrota sofrida para o Vitória no último sábado (19). O resultado derrubou uma invencibilidade de 34 jogos.

O Corinthians volta a campo no próximo sábado (26), quando enfrenta o lanterna Atlético-GO, às 19h, no Itaquerão.

Para o duelo, Carille deverá contar com o retorno de Jadson, poupado do jogo desta quarta para se recuperar fisicamente após ficar um mês afastado em virtude de uma fratura na costela.

Ele foi substituído por Marquinhos Gabriel, que teve uma atuação discreta, e deu lugar para Clayson no segundo tempo. E foi com o jogador que saiu do banco de reservas que o Corinthians criou duas chances e marcou o gol da vitória.

Aos 44 minutos, ele recebeu passe de Romero e tocou para Jô, que colocou no canto de Jandrei.

Antes, aos 29 minutos, Rodriguinho puxou contra-ataque e encontrou Clayson, que teve a oportunidade de concluir, mas o goleiro da Chapecoense saiu bem do gol para defender. Cinco minutos depois, o time ameaçou em uma bola cruzada por Jô para Romero que, na pequena área, concluiu torto.

Além de Jadson, o Corinthians teve outros três desfalques: Pablo, Balbuena e Arana, machucados. Eles correm o risco de não atuarem no próximo jogo.

Os substitutos foram os zagueiros Pedro Henrique e Léo Santos e o lateral esquerdo Moisés. A dupla de zaga teve dificuldade para marcar a bola aérea com Wellington Paulista, que quase marcou após um cruzamento da direita no primeiro tempo.

Léo Santos, porém, foi fundamental para a vitória corintiana. Aos 36 minutos da etapa complementar, o jogador de 18 anos salvou em cima da risca após chute de Túlio de Melo.

CHAPECOENSE

Jandrei; Apodi (Diego Renan), Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Lucas Marques, Lucas Mineiro e Luiz Antonio (Nenén); Penilla (Júlio César), Túlio de Melo e Wellington Paulista. T.: Vinícius Eutrópio

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Leo Santos, Pedro Henrique e Moisés; Gabriel (Camacho) e Maycon; Marquinhos Gabriel (Clayson), Rodriguinho (Paulo Roberto) e Romero; Jô. T.: Fábio Carille

Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Juiz: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Cartões amarelos: Reinaldo (Chapecoense); Jô, Moisés, Clayson e Romero (Corinthians).

Gol: Jô (Corinthians), aos 44 minutos do segundo tempo

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA