Renan assume a Seleção Brasileira de Vôlei Masculino
renan volei

Sem treinar um clube há oito anos, o ex-jogador Renan Dal Zotto foi anunciado nesta quarta-feira (11) como o novo técnico da seleção masculina de vôlei.

Aos 56 anos, o gaúcho de São Leopoldo assume o lugar deixado pelo técnico Bernardinho.Dal Zotto era gestor de marketing da CBV (Confederação Brasileira de Voleibol) e teve aprovação do ex-técnico para assumir o cargo.

Como jogador, ele fez parte da "Geração de Prata", que conquistou a primeira medalha olímpica do Brasil nesse esporte, em Los Angeles-1984.

A sua trajetória no time principal do Brasil começou aos 16 anos. Além da medalha de prata nos Jogos de Los Angeles, também faturou um ouro e duas pratas em Jogos Pan-americanos.

Por clubes, fez história na Itália pelo Parma (1988 a 1992) e Ravena (1992 a 1993). Nos cinco anos no país, conquistou dois títulos nacionais, duas Copas Itália, três títulos europeus e um Mundial de Clubes.

Ele anunciou sua aposentadoria em 1993, ano em que iniciou sua carreira como treinador. Seu primeiro trabalho foi no Palmeiras, mas não teve sucesso.Um de seus principais títulos na função foi a Superliga Masculina de Vôlei, em 2006, quando dirigia o Cimed.

PRINCIPAIS TÍTULOS

2007 - Campeão Supercoppa Italiana - Sisley di Treviso.

2006 - Campeão Superliga Masculina.

2005 - Campeão do Grand Prix de Vôlei; Campeão dos Jogos Abertos de Santa Catarina; Campeão Supercopa Mercosul; Campeão da Liga Nacional; Campeão Catarinense.

1998 - Campeão Carioca; Campeão Mineiro.

1997 - Campeão da Copa Sul; Campeão Catarinense; Campeão Jogos Abertos de Santa Catarina; Vice-Campeão da Superliga Nacional.

1996 - Campeão Sul-Americano de Clubes.

1994 - 3° Lugar no Campeonato Paulista; 3° Lugar na Superliga Nacional.

1993 - Vice-Campeão da Superliga Nacional; Vice-Campeão Paulista.


busca