logomarcadiariodegoias2017

troca passes

VICTOR MARTINS
BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Seis dias após comunicar que o repórter Léo Gomide, da Rádio Inconfidência, estava proibido de entrar na Cidade do Galo, a diretoria do Atlético-MG revogou a decisão. Assim, a partir desta quarta-feira (14), o radialista terá acesso normal ao CT do clube mineiro.

A decisão de proibir o acesso de Léo Gomide ao CT atleticano ocorreu após o incidente com o técnico Oswaldo de Oliveira. O treinador se irritou durante uma pergunta do jornalista, na coletiva após o empate com o Atlético-AC, pela Copa do Brasil. Não satisfeito, o ex-técnico do time mineiro ainda tentou agredir o repórter, alegando que foi xingado. Acusação que não foi comprovada.

Quem confirmou que Léo Gomide está liberado para entrar nas dependências do Atlético foi o diretor de comunicação do clube, Domenico Bhering, que usou sua conta pessoal no Twitter. "Conversei há pouco com o Presidente. A entrada do repórter Léo Gomide na Cidade do Galo está liberada", postou o dirigente.

Na coletiva em que concedeu para comunicar a demissão de Oswaldo de Oliveira, o presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, chegou a comentar o assunto. O mandatário garantiu que a troca no comando técnico não tinha ligação com a confusão que ocorreu no Acre e, mesmo com Oswaldo fora do clube, estava mantida a proibição a Léo Gomide.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH