logomarcadiariodegoias2017

Foto: Paulo Fernandes - Site Vasco da Gama
colina vasco

O Vasco comprovou sua superioridade e voltou a vencer a Universidad de Concepción-CHI, nesta quarta-feira, em São Januário. Dessa vez sem goleada, a equipe carioca não teve dificuldade para fazer 2 a 0 ainda no primeiro tempo e ratificar a classificação para a terceira fase da Libertadores.

Agora, o Vasco espera o vencedor do duelo entre Jorge Wilstermann e Oriente Petroleiro, ambos da Bolívia. O primeiro venceu por 2 a 1 e encara o jogo da volta nesta quinta-feira. O primeiro duelo da equipe cruzmaltina na terceira fase será na quarta-feira de cinzas, na Bolívia.

Se na partida em Santiago o Vasco marcou gols no início do jogo, nesta quarta-feira a história se repetiu. Jogando em casa e com vantagem de quatro gols, o time foi para o ataque e precisou de apenas cinco minutos para abrir o placar. Wagner recebeu em profundidade e cruzou na medida para Paulinho escorar para o fundo das redes: 1 a 0.

Após sofrer gol de Paulinho, o Concecpción passou a pressionar os donos da casa. Em um bom chute de fora da área, Martin Silva defendeu parcialmente e teve que fazer defesa arrojada em seguida para evitar o gol de Santiago Silva.

A reação dos chilenos ficaram apenas no ensaio. Aos 41min, uma ducha de água fria nos planos dos visitantes e muita festa em São Januário. Autor do primeiro gol, Paulinho fez a de ponta e cruzou na medida para Pikachu escorar e ampliar o placar.

Com a classificação garantida, o Vasco ainda tentou o terceiro gol, mas sem a mesma intensidade do primeiro tempo. Assim, a etapa complementar foi de muitas disputas no meio de campo e sem tantas chances de gol. A vaga já estava garantida.

VASCO

Martín Silva; Yago Pikachu, Erazo, Ricardo, Henrique; Desábato (Riascos), Wellington, Wagner (Andrey), Evander (Paulão), Paulinho; Andrés Rios. T.: Zé Ricardo

UNIVERSIDAD DE CONCEPCIÓN

Muñoz; Pacheco, Muñoz, Mencia, De La Fuente; Camargo, Meneses, Droguett, Pedro Morales; Joathan Benitez (Riveros), Santiago Silva (Amarilla). T.: Francisco Bozán

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro

Juiz: José Angote (VEN)

Cartões amarelo: Mencia (Universidad de Concepción)

Gols: Paulinho, aos 5min, e Yago Pikachu, aos 41min do primeiro tempo

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH