logomarcadiariodegoias2017

Cueva e o pedido de desculpas para torcida. (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)
cueva sp

Depois de ser vaiado no primeiro tempo, o São Paulo superou o Botafogo-SP por 2 a 0, no Morumbi, neste sábado (3), pela quinta rodada Campeonato Paulista. Os dois gols saíram na etapa final, com Diego Souza e com o perdoado Cueva.

O meia peruano começou na reserva nesta tarde, mas entrou após o intervalo. Ele estava afastado desde o último dia 23 por ter pedido para não viajar a Mirassol porque ficaria no banco de suplentes.

O resultado deixou a equipe paulistana com sete pontos, na liderança do Grupo B junto coma Ponte Preta. O time de Campinas empatou com o Ituano por 1 a 1 fora de casa e também tem sete pontos. O terceiro colocado é o Santo André, que na sexta-feira (2) empatou com o São Bento por 2 a 2 e foi aos quatro pontos.

O outro time dessa chave é o São Caetano –tem só três pontos, mas jogará contra o Mirassol neste domingo. Os dois primeiros avançam de fase.

Para encarar o Botafogo-SP, o técnico Dorival Júnior armou a equipe com Nenê, que estreou pelo clube, tendo liberdade para girar pelo meio de campo e se aproximar do trio do ataque.

Só que, no primeiro tempo, os planos de Dorival não funcionaram. Nenê e seus companheiros trocaram bastante, mas com muita lentidão e não conseguiram mostrar força ofensiva.

A equipe de Ribeirão se aproveitou e criou as melhores jogadas da etapa inicial. O primeiro susto da torcida são-paulina foi logo aos 2 minutos. Após o goleiro Sidão espalmar a bola, em cobrança de falta, o lateral Lucas Taylor acertou o travessão. A outra grande chance foi aos 25, quando o meio-campista Dodô chutou cruzado, mandando a bola na trave. No fim do primeiro tempo, o time do Morumbi saiu vaiado de campo.

Para a segunda etapa, Dorival colocou Cueva no lugar de Brenner. Mas a principal mudança no time foi o comportamento dos jogadores em campo. Mais velozes, os atletas são-paulinos passaram a chegar ao ataque com mais facilidade. O placar foi aberto aos 5. Em uma jogada pela pela ponta esquerda, Reinaldo cruzou e Diego Souza completou ao gol.

A vantagem foi ampliada aos 38 minutos depois de um pênalti anotado no momento em que o zagueiro Bruno Alves foi agarrado na área. Cueva se apresentou para cobrança, chutou cruzado e fez 2 a 0.

Agora, o São Paulo voltará a campo na quarta-feira (7) pelo Campeonato Paulista para enfrentar o Bragantino, novamente em casa.

SÃO PAULO

Sidão, Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Reinaldo (Edimar); Jucilei, Petros e Nenê (Shaylon); Marcos Guilherme, Brenner (Cueva) e Diego Souza. T.: Dorival Júnior.

BOTAFOGO

João Lucas; Lucas Taylor (Carlos Henrique), Naylhor, Plínio e Peri; Serginho, Diones, Willian Oliveira (Jheimy), Dodô e Danielzinho (Wesley); Bruno Moraes. T.: Léo Cond

Árbitro: Raphael Claus

Assistentes: Alberto Poletto Masseira e Evandro de Melo Lima

Público: 13.624 presentes/

Renda - R$ 149.101,91

Cartões amarelos: Reinaldo e Bruno Alves (SAO); Danielzinho, Diones e Plínio (BOT)

Gol: Diego Souza, aos 5 minutos do primeiro tempor; e Cueva, aos 38 minutos do segundo tempo, ambos jogadores do São Paulo.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH