Acidentes com vítimas fatais (Foto: Dict)
acidentes com vitimas mortas

Quem é responsável pelo maior número de mortes no trânsito em Goiânia, homens ou mulheres? Dados levantados dos livros de Registros de Inquéritos Policiais Remetidos ao Poder Judiciário da Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito de Goiânia (DICT), confirmam que as mulheres se envolvem menos em acidentes fúteis do que os homens, consequentemente causam menos mortes.

Os números que comprovam essa realidade foram apurados entre 05 de julho a 14 de agosto, em 41 dias. Nesse período foram contabilizados 23 registros remetidos ao Poder Judiciário. Desse total, 19 casos apontam o homem como responsável e três desse número pertencem às mulheres. Sendo 83% homens e 13% mulheres do total de 23 registros enquadrados no Art. 302 como homicídio, Art. 303 como lesão corporal e Art. 306 como embriaguez do Código de Trânsito Brasileiro.

O crime de embriaguez, Art. 306 é o maior causador de mortes, com 12 ocorrências contabilizadas para um total de 19 homens, equivalente a 63% dos homens responsável pelo crime e um registro para três mulheres, correspondente a 33%. O segundo lugar pertence ao crime de homicídio no trânsito Art. 302. Homens são responsáveis pela quantia de sete mortes, sendo 37% dos casos e as mulheres por uma morte, com 33% dos casos.  

O terceiro lugar pertence ao crime de lesão corporal Art. 303. Em um total de 19 homens, três cometeram o delito sendo responsável por 16% e entre três mulheres, uma cometeu o crime, o que equivale a 33%. Neste crime, as mulheres apresentam maior porcentagem, no entanto, em números absolutos a incidência de crimes no trânsito são maiores para homens do que para mulheres.

Lembrando que os resultados são equivalentes ao mês de julho e início de agosto deste ano, contabilizados 41 dias de pesquisa.

Mortes

Delegada da Dict, Maíra Lídia Bicalho
delegada dict maira bicalho

De acordo com a delegada da Dict, Maíra Lídia Bicalho, pela análise dos inquéritos policiais o maior causa pelas morte e acidentes de trânsito são homens. No entanto, o livro de levantamentos não contabilizam os crimes por sexo, sendo apurados pelos nomes dos indiciados.   

 Segundo ela, muitas mulheres envolvidas em acidentes são passageiras, tendo um homem no volante. “Temos a impressão de que as mortes no trânsito são geralmente provocadas por homens. Há alguns casos de mulheres sim, só que muitas vezes algumas são passageiras, estavam ao lado, estavam sem cinto ou estavam de passageira de motocicletas com homens condutores”, conta.

A delegada afirma que as imprudências cometidas por mulheres, muitas vezes, são cometidas por idosas ou até mesmo por falta de atenção. “O tempo que estou aqui, pelo que eu vi, os inquéritos com mulheres que foram indiciadas pela prática de homicídio culposo são de mulheres mais idosas. E, muitas vezes, alguma negligência e falta de atenção no trânsito, diferentemente dos homens que são imprudentes”, fala.

Prudência

Os homens têm a fama de dirigir bem por possuírem mais confiança no volante, no entanto, confiança excessiva e imprudência andam juntas na hora de colocar a mão no volante. A delegada diz que a confiança excessiva faz com que homens avancem sinais vermelhos, façam ultrapassagens perigosas e ultrapassem os limites de velocidade pondo em risco a própria vida e a de outros. “Eles agem de forma afoita, na motocicleta fazem ultrapassagens perigosas, avançam os sinais vermelhos, esse tipo de coisa”, alerta.

Para Maíra, os homens estão envolvidos em acidentes mais graves, em maioria após ingerir bebidas alcoólicas. “Nós vemos muito, embriaguez que prejudica bastante. Ele ingere bebida alcoólica e vai pro trânsito, velocidades excessivas, não respeita a sinalização de pare no semáforo e, com tudo isso, acaba provocando um acidente ou colisões. Também perda de controle do veículo e choque no meio fio”, conta.

Confira a tabela:

Data: 05 de julho a 15 de agosto de 2017
Artigos: 302 – Homicídio no Trânsito; 303 – Lesão Corporal no Trânsito, 306 – Embriaguez

Inquéritos de trânsito por sexo

Homicídio

Lesão Corporal

Embriagues

Total de crimes

Homem

7

3

12

22

Mulher

1

3

1

5

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA