O rapper canadense Drake pausou a música para dar um 'sermão' em um homem na plateia, durante um show em Sidney / Foto: Evan Agostini
drake foto evan agostini

O rapper canadense Drake interrompeu seu show em Sidney, na Austrália, na última quarta (15) para dar uma bronca em um homem que assediava mulheres na plateia.  

O cantor de "Hotline Bling" e "One Dance" pediu para que os DJ música pausasse a batida e fez a reclamação: "Se você não parar de tocar nas garotas eu vou até aí e acabo com a sua raça", disse ele. O vídeo foi compartilhado no Instagram por uma fã que presenciou a cena.

"Eu não estou brincando com você, cara. O que tem de errado com você? Pare de passar a mão nas meninas ou eu vou até aí e acabo com você eu mesmo!", completou Drake. 

Em 2016, Drake e o rapper The Future foram processados por uma mulher que disse ter sido estuprada em um de seus shows. Identificada como Jane Doe, a americana pediu uma indenização de US$ 25 milhões (cerca de R$ 82 milhões). Os fãs acreditam que o fato fez com que o rapper repensasse seus shows, motivando atitudes como o último "sermão". 

No Twitter, muitos seguidores elogiaram a postura do rapper. Outros, no entanto, aproveitaram o momento para criticar a constante objetificação das mulheres nos clipes de rap, pedindo mudanças. 

I got this close to Drake threatening to jump into the crowd to start a fight with a guy groping a woman in the audience. Violence against women, 6 God says no.🦉🦉🦉🦉🦉🦉🦉🦉 #heropapi #protecterofthepeople #6god #legend #viewsfromthe6 @champagnepapi For licensing and usage, contact: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Uma publicação compartilhada por louisesukari (@louisesukari) em

Leia Mais:

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA