ivana corta cabelo

Gloria Perez já pode comemorar o sucesso de "A Força do Querer", novela que atualmente escreve para a faixa das 21h da Globo. A trama tem se mantido na casa dos 40 pontos de audiência (cada ponto equivale a 199,3 mil espectadores), número apenas sonhado por suas antecessoras "A Lei do Amor" e "Velho Chico".

A autora também emplacou mais uma bem-sucedida campanha social dentro da trama: o drama de Ivana (Carol Duarte) que se descobre transexual, faz parte de uma estratégia da Globo por mobilização popular para a discussão de sexualidade e identidade de gênero.

Ações como essa são chamadas de "merchandising social" e têm Gloria como uma de suas grandes precursoras. Ela incluiu a doação de órgãos em "De Corpo e Alma" (1992), o desaparecimento de crianças em "Explode Coração" (1995), e o alcoolismo em "O Clone" (2001), entre outros.

Em 2005 discutiu sexualidade em "América", com o personagem de Bruno Gagliasso, que se descobria homossexual. Um beijo gay no último capítulo, no entanto, foi vetado.

Doze anos depois, a autora tem apoio da emissora para mostrar a readequação de gênero de Ivana; a personagem conquistou os telespectadores. "O público compreendeu a angústia dela e a descoberta de sua identidade. Está indo junto com ela", diz a autora, que revela não ter pensado em um "plano B" caso Ivana fosse rejeitada pela audiência. (Folhapress)

Leia mais:

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA