meryl streep Hollywood não perdoou Donald Trump. O presidente eleito dos Estados Unidos escreveu nesta segunda (9) em sua conta no Twitter que Meryl Streep era "uma das atrizes mais superestimadas de Hollywood".

Uma reação ao discurso da atriz na cerimônia de entrega do Globo de Ouro, no domingo (8), em que ela fazia críticas ao republicano.

Logo surgiram reações de artistas em favor de Meryl.

"Fascistas tinham um senso de humor muito melhor quando atores de Hollywood zombavam deles", escreveu o humorista Ricky Gervais no Twitter, colocando lado a lado uma foto de Hitler e outra de Chaplin em "O Grande Ditador", filme no qual ironizava o líder nazista.

"Que homem pequeno. TRISTE", comentou o ator George Takei.

A escritora J.K. Rowling respondeu a um tweet que dizia: "Na próxima ele vai dizer que você é superestimada". "Nunca esqueça que a opinião de algumas pessoas pode ser mais insultadora que seu abuso!", escreveu a autora da série "Harry Potter".

"Tem alguém melhor? #Meryl", tuitou a atriz Anna Kendrick.

Já o diretor Judd Apatow escreveu: "Ela é superestimada como atriz como Michael Jordan é superestimado como jogador de basquete ou Sully como piloto ou Ted Williams no baseball".

E continuou: "Tenho certeza de que Trump vai começar a falar como Streep matou Kennedy. É o seu passo clássico. Ele é tão 'cool'!".

"Então, quem ele acha que é uma atriz SUBestimada?", publicou o comediante Taran Killam.

E a apresentadora Ellen DeGeneres declarou sua paixão pela atriz: "Nunca houve ninguém como Meryl Streep. Eu a amo"

Folhapress

Leia mais:

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA