logomarcadiariodegoias2017

marconi perillo homenagem dos servidores do estado que ocupam cargos de gerencia foto walter alves 01Idealizador e responsável pela implantação do processo de Meritocracia no serviço público estadual em 2011, primeiro ano de seu terceiro mandato, o governador Marconi Perillo foi homenageado no início da noite deste dia 23 pelos gerentes, gestores e servidores da administração direta em solenidade ocorrida no auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira.

A homenagem deu-se, segundo Nylo Sérgio José Nogueira Junior, presidente da Associação de Promoção a Meritocracia - Promérito -, em reconhecimento à valorização do trabalho da categoria. “O senhor, sempre à frente, principalmente quando se trata de modernização na gestão pública, enfrentou batalhas para implantar o processo de meritocracia, colocando o Estado em destaque em nível nacional por sua inovação em usar critérios estritamente técnicos para ocupação de cargos gerenciais”, elogiou Nylo.

Depois de considerar que Marconi tenha quebrado paradigmas para que o servidor, por seu próprio esforço, pudesse ser reconhecido e valorizado, Nylo Sérgio agradeceu ao governador por ter cumprido a palavra de valorizar a categoria através de recomposição salarial. “O senhor - salientou - cumpriu a promessa feita no dia 26 de junho passado e enviou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei que previa a valorização, bem como sancionou a Lei 19.897, no dia 11 de dezembro de 2017, materializando a recomposição salarial do cargo”.

O presidente da Promérito também manifestou seu agradecimento pela publicação da Lei Complementar 138, de 18 de janeiro passado, que dispõe sobre as responsabilidade e  eficiência na gestão pública no estado e que prevê que todos os cargos de direção da estrutura complementar sejam ocupados mediante processo de seleção por capacitação e mérito.

O governador Marconi, por sua vez, destacou a determinação de seus governos em modernizar a gestão pública. Lembrou que as inovações e melhorias começaram nos primeiros dias de sua primeira administração, em 2000, quando assumiu a decisão de regionalizar a merenda escolar, adquirindo produtos de Goiás, mais saudáveis e mais baratos. Depois, vieram as eleições pelas comunidades escolares para escolha de diretores de escolas, reitor e diretores da UEG, assim como a o pagamento do 13º salário do servidor no mês de seu aniversário. 

Para todas essas ações, lembrou Marconi, houve reações diversas, a maioria contrária. “Enfrentamos a oposição de gente até dentro do governo, que achava uma loucura principalmente assumir o pagamento do 13º no mês trabalho. Quando assumimos, os servidores estavam com salários atrasados, mas tivemos coragem e implantamos essa inovação que se mantém até hoje”.

Os processos inovadores culminaram com a mais recente atitude, segundo o governador, que diz respeito à ascensão do servidor por intermédio do mérito. “A meritocracia - avaliou - representou avanço e estímulo a todos”.

Ele destacou que pactuou junto à Secretaria da Fazenda de incrementar neste ano, acima da inflação e do PIB, mais R$ 850 milhões de receitas extras “exatamente para que consigamos cumprir todos os compromissos que fizemos no sentido de valorizar o servidor”.

Marconi reafirmou que em seus governos sempre procurou valorizar os servidores: “Essa foi uma tônica de nossos governos. Às vezes demoramos um pouco porque sempre tivemos os pés no chão. Sempre nos preocupamos em não só dar os benefícios, mas em pagá-los”.

Além de uma centena de gerentes e servidores, a solenidade foi prestigiada pelo vice-governador, Zé Eliton, por deputados, secretários e assessores do governo. Ao final da cerimônia, Marconi e Zé Eliton receberam homenagens e lembracinhas da Promérito.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

Reportagem Especial

TVDG

Vitti: de rebelde a construtor da unidade na base governista
Vitti: de rebelde a construtor da unidade na base governista
Leia mais no www.diariodegoias.com.br

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH