marconi perillo vinicola serra das gales foto fernando leite 03 O governador Marconi Perillo abriu, nesta noite, o Palácio das Esmeraldas para o lançamento do vinho Muralha, o primeiro vinho fino tinto fabricado pela vinícola Serra das Galés, fundada na cidade de Paraúna em 2007. Marconi afirmou que, com o vinho Muralha, Goiás se insere definitivamente no mercado da produção de uva e de vinhos. “Com inovação e pesquisa é possível avançar muito mais. Nós, em Goiás, somos capazes de avançar em todas as áreas porque temos coragem e ousadia”, ressaltou.

Ele destacou que o crescimento do polo da vinicultura no Estado vem sendo debatido com empresários e com sua equipe de governo já há algum tempo, e disse ao fundador da Serra das Galés, o médico Sebastião Ferro, que a Secretaria de Desenvolvimento (SED) está à disposição para auxiliá-lo com pesquisas. “O que o Governo de Goiás puder fazer para ajudar no desenvolvimento da vinicultura, faremos”, frisou.

Marconi classificou Sebastião Ferro como empresário com visão de futuro, que deixará um grande legado para as gerações mais novas. “Estou muito feliz e honrado por participar deste momento. Acompanhei desde o início a trajetória do senhor, e é uma alegria enxergar, na sua determinação e ousadia, a busca pelo crescimento de Goiás nessa área da vinificação”, disse, lembrando que a vinícola Serra das Galés produz 600 toneladas de uva por ano. O vinho Muralha foi produzido com as uvas Syrah e Touriga Nacional, trazidas da França e de Portugal, e cultivadas em solo goiano.

Sebastião Ferro agradeceu a Marconi por valorizar e acreditar no potencial do Estado para a vinificação, e por ter aberto as portas do Palácio das Esmeraldas para o lançamento do vinho Muralha. “Estamos muito gratos. Acreditamos que esse vinho vai fazer com que Goiás possa realmente apresentar um produto que vai desbravar Fronteiras. Um produto jamais pensado no Centro Oeste brasileiro”, sublinhou. O enólogo Flávio Novelo disse que as uvas do Muralha foram cultivadas com a mais alta tecnologia. “Acredito muito nessa região. O muralha tem aroma de frutas maduras e de baunilha. Aconselharia a todos os meus amigos a tomar esse vinho”, avaliou.

Prefeito de Paraúna, Paulo José Martins ressaltou que o município se orgulha de “um produto com características do nosso povo e da nossa terra. Tenho certeza de que esse produto vai nos levar muito além das divisas do nosso Estado”.

O governador Marconi esteve acompanhado da primeira-dama Valéria Perillo; do ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela; deputados e secretários estaduais, reitores da UFG, Orlando Amaral, e o eleito Edward Madureira, entre outras autoridades.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA