residencial buriti sereno foto sergio willian 1024x507O vice-governador José Eliton vistoria agora as obras de construção de 832 apartamentos do Residencial Buriti Sereno, em Aparecida de Goiânia. O presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Luiz Stival, juntamente com a equipe técnica, acompanham a visita do vice-governador.  Na sequência, será realizado o lançamento do programa Goiás na Frente Terceiro Setor – Social no município.

Com mais de 92% de obra executada, o Residencial Buriti Sereno tem previsão de entrega dos apartamentos aos beneficiários, já selecionados pela Agehab e Prefeitura de Aparecida, no início do próximo ano. O empreendimento é um dos exemplos mais emblemáticos das ações de habitação do Governo de Goiás em Aparecida. O Estado está investindo quase R$ 16,7 milhões nas obras, com o Cheque Mais Moradia. A construção ficou paralisada por anos e foi retomada graças à parceria entre a Agehab e a Caixa Econômica Federal, por determinação do governador Marconi Perillo, conforme ressalta o presidente da Agehab, Luiz Stival.

A participação do Governo de Goiás no empreendimento, destaca Stival, possibilitou prestações de valor baixo para os beneficiários, que variam de R$ 80 a R$ 270, contemplando famílias com renda de até R$ 1,8 mil. Outro aspecto relevante, frisa Stival, foi o processo seletivo dos beneficiários, realizado com total transparência e acompanhamento do Ministério Público Federal. Foram mais de 14 mil inscrições habilitadas ao sorteio de 332 apartamentos, relativos à cota do Estado. O restante, 500 apartamentos, teve inscrições e sorteio realizados pela Prefeitura de Aparecida, cumprindo acordo de demanda entre o Estado e o município.

O Residencial Buriti Sereno é composto de 832 apartamentos de 41,39 metros quadrados – com dois quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço conjugados –, distribuídos em 52 blocos de quatro andares, com 16 apartamentos por bloco. Está localizado na Avenida 100-A, esquina com Avenida das Nações, no bairro Itapuã, divisa com o Buriti Sereno, em Aparecida de Goiânia.

O governo federal participa com recursos do programa Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), que compõe o programa Minha Casa Minha Vida, no valor de R$ 35,8 milhões. O investimento do Estado de Goiás e Caixa totaliza R$ 52,5 milhões. “A determinação do governador Marconi Perillo é para que acompanhemos o andamento de todas as obras. A prioridade é a conclusão de todos os empreendimentos que contam com recursos do Governo de Goiás”, frisa Luiz Stival.

(informações Agehab e GoiásAgora)

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA