pneusCom o objetivo de evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypt, vetor de diversas doenças causadas por vírus, como dengue, zika, chikungunya e febre amarela, a Diretoria em Vigilância em Zoonoses, da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS), realizou nessa terça-feira, 21, e quarta-feira, 22, a Operação Cata Pneus na região Noroeste da capital. Ao todo, durante a ação, foram recolhidos mais de 3700 pneus de avenidas, oficinas e lotes baldios.

De acordo com o diretor de Vigilância em Zoonoses, Gildo de Paula, após serem recolhidos de bairros como Jardim Primavera, Jardim Curitiba e Vila Mutirão, os pneus foram transportados para Abadia de Goiás para reciclagem. 'Durante a ação, eliminamos 21 focos do mosquito transmissor da dengue. Isso é a prova de que no período chuvoso a atenção deve ser redobrada'. 

Além de eliminar os criadouros do mosquito Aedes aegypt, durante a operação na região Noroeste, os agentes de combate às endemias conscientizaram os moradores sobre a importância de evitar que ele encontre locais para procriar.

“É importante que a população não deixe água acumular em embalagens, copos plásticos e vasos de plantas, por exemplo. Essas dicas que parecem simples protegem não só contra a dengue, mas também contra outras doenças como chinkungunya e zika”, destaca o diretor.

Para descartar de forma adequada dos pneus inutilizáveis, é preciso procurar o Ecoponto do Parque Oeste Industrial, localizado na Rua do Café. Além disso, para denunciar locais com criadouros do mosquito, a população pode entrar em contato com a Diretoria de Vigilância em Zoonoses pelo “Disque Aedes”: 3524-3125 ou 3524-3131.

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA