Na madrugada desta terça-feira, 14, um grupo de detentos fugiram da Casa de Prisão Provisória em Aparecida de Goiânia. O fato ocorreu as 2 horas da madrugada quando presos utilizaram uma corda artesanal para saltar o muro do presidio.

Segundo o boletim de ocorrência, os militares que estavam de plantão em uma das guaritas viram a movimentação e dispararam impedindo a fuga dos presos.

Os presos se deslocaram da Ala A, do bloco 1, passaram pelo telhado da Ala B do mesmo bloco, e fugiram usando cordas.

Segundo nota da Superintendência Executiva de Administração Penitenciária, as forças policiais foram acionadas e estão em busca dos foragidos. “A Seap instaurou procedimentos administrativos para apurar as causas e responsabilidades sobre a fuga” explica a nota.

Veja a íntegra da nota 

NOTA-SEAP

A Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap) informa que na madrugada desta terça-feira (14/11) nove presos fugiram da Casa de Prisão Provisória em Aparecida de Goiânia.

Por volta das 2 horas da manhã, policiais militares que estavam em guarita da PM fizeram alerta por meio de disparos por armas de fogo. Após verificação constatou-se a fuga.

Os presos se deslocaram pelo telhado da ala A para a ala B e conseguiram fugir usando cordas artesanais.

As forças policiais foram acionadas e estão em busca dos foragidos.

A Seap instaurou procedimentos administrativos para apurar as causas e responsabilidades sobre a fuga.

Relação dos foragidos:

  • Bruno Gabriel Costa Ferreira (DN: 20/04/1997)
  • Gabriel da Silva (DN: 09/04/1996)
  • Gustavo Henrique Barbosa de Oliveira (DN: 28/09/1995)
  • Jonas Gomes da Silva (DN: 25/02/1994)
  • Luiz Fernando Lovo da Silva (DN: 08/09/1996)
  • Marcos Dhonis Moura dos Santos (DN: 12/09/1994)
  • Wilhias Barbosa de Jesus (DN: 06/02/1994)
  • Warles Carvalho Neres (DN: 10/09/1987)
  • Wellington dos Santos Júnior (DN: 24/05/1998)

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA