Inspirados em necessidades de pessoas e comunidades, alunos da Universidade Federal de Goiás, Regionais Goiânia, Catalão e Jataí, participam da 4ª. Olimpíada de Empreendedorismo Social com propostas voltados para reeducação prisional, meio ambiente, educação e saúde mental. Hortas coletivas, apoio a deficientes, idosos e crianças, oficinas de tecnologia, festivais culturais e esportivos, e ressocialização de presidiários são alguns dos projetos apresentados.

Depois de fase de treinamentos, com palestras, mentorias e orientações para elaboração de planos de ação e gerenciamento de projetos, as equipes já puseram as mãos na massa e estão conseguindo fazer diferença na vida de pessoas. O resumo do trabalho está nos relatórios, fotos e vídeos apresentados nessa segunda-feira(13). O resultado final será divulgado no dia 26 deste mês.

As vencedoras serão premiadas com passagens, inscrição e camping para a Campus Party 2018 em São Paulo, custeadas pela Olimpíada. ”A premiação é importante, porém a maior recompensa é pode mudar situações e contribuir para melhorar o mundo”, observa a gerente do Centro de Empreendedorismo da UFG Emília Rosângela.

Olimpíada
A OEU é uma competição destinada a alunos de graduação e pós graduação da UFG. A 4ª. edição oferece em 2017 duas categorias: Negócios e Empreendedorismo Social destinada a buscar soluções para problemas como moradia, meio ambiente, saúde, entre outros.

A competição é desenvolvida pela Coordenação de Transferência e Inovação Tecnológica da UFG, por meio dos Centros de Empreendedorismo da Regional Goiânia, CEI Athenas de Catalão e CEI Beetech de Jataí.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA