sirene

A Delegacia Estadual de Investigação de Homicídio, está concluindo a investigação referente ao homicídio, do comerciante de uma loja de veículos, Francisco de Assis Sena. O crime aconteceu no dia 21 de junho, na Avenida Leste Oeste, e a motivação seria a disputa pela comercialização de drogas na região.

De acordo com informações da Polícia Civil, Matheus Sampaio Martins Ítalo Daniel Policarpo de Souza, que estavam ocupando um veículo VW Voyage de cor preta, se aproximaram do estabelecimento e efetuaram diversos disparos de arma de fogo (9mm) contra a vítima, que foi atingida e veio a óbito no local.

Ficou comprovado ainda que ambos integram organização criminosa que é liderada pelos presos John Key Pascoal Souza (que assumiu o lugar de comando da quadrilha após a morte de Thiago Topete), vulgo Bozo e Claudinei Rodrigues de Oliveira Santos, Vulgo Xaropinho, os quais ordenaram e planejaram o crime de dentro do complexo prisional.

Motivação do crime

A motivação do crime seria uma suposta disputa pelo comando do tráfico de drogas em Goiânia, uma vez que os investigados acreditam que o irmão da vítima estaria envolvido com uma quadrilha rival e como a vítima possui características físicas semelhante ao seu irmão, acabou sendo morta por engano.

Planejamento de outra morte

Durante a investigação, os agentes descobriram que os criminosos estavam planejando a morte do advogado criminalista Dr. Emerson Tadeu Vita. O assassinato não ocorreu em razão da prisão de Matheus, que ocorreu no mesmo dia em que iria assassinar o advogado.

A motivação para a morte do advogado seria em razão dos investigados acreditarem que ele foi o responsável por armar uma emboscada dentro do presidio para o assassinato de Tiago topete, antigo chefe da quadrilha.

Todos os investigados estão presos temporariamente e serão indiciados pelo crime de organização criminosa, sendo que John Key, Claudinei, Matheus e Ítalo serão indiciados ainda por homicídio qualificado.

Leia Mais:

 

 

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA