logomarcadiariodegoias2017

22 fora tarefa bnmp ws 006Os servidores responsáveis pela força-tarefa formada para auxiliar a Vara de Execução Penal, com menos de um mês do início dos trabalhos, já realizou o cadastro de 50,89% dos presos no Banco Nacional de Monitoramento de Prisões (BNMP). Dos 16.511 reeducandos do Estado de Goiás, 8404 já estão cadastrados.

No dia 8 de janeiro, a ministra Cármen Lúcia, presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), em reunião com o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Gilberto Marques Filho, definiu que Goiás iniciaria o cadastramento dos presos, com prazo de término estipulado em 60 dias.

A meta da força-tarefa era de que 50% dos presos estariam cadastrados até sexta-feira (9), data da próxima visita da ministra ao TJGO. O BNMP reúne informações processuais e pessoais de todos os detentos sob custódia nos Estados e permite o acompanhamento das prisões em tempo real em todo o País.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

Reportagem Especial

TVDG

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH