logomarcadiariodegoias2017

diogo granato 01Dança acrobática, parkour e improviso cênico tudo junto e misturado. Esta é a proposta de Diogo Granato, o primeiro convidado do Coletivo Plano P para execução do projeto #Plural, contemplado pelo Fundo Estadual de Arte e Cultura de Goiás 2016 junto à Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce). Com duração de 6 meses e inúmeros convidados de renome, o projeto começa no próximo dia 22 de janeiro e possui eventos como aulas e apresentações abertos à comunidade.

Dono de um currículo de peso, Diogo é criador e intérprete de solos de Dança-Teatro como “Aretha”, que o rendeu melhor intérprete de 2006, pela Associação Paulista de Críticos de Arte, e “Seis Sentidos?”, que encerrou o “Intransit Festival” em Berlim, e de duetos com importantes figuras da música como Natalia Mallo (Brasil/Argentina) e Mathias Landaeus (Suécia). Diogo é, também, intérprete-criador da premiada Cia Nova Dança 4 há quinze anos.

Agora, ele vem a Goiânia a convite do Coletivo PlanoP, coordenado por Gabriel Cortês, Gleysson Moreira, Guilherme Monteiro e Nilo Martins abrindo a programação do Projeto #plural que, durante 6 meses trará ainda convidados como: VJ Pixel, Luiz Gonçalves, Letícia Ramos, Alex Soares e Emiliano Freitas. Contemplado pelo Fundo Estadual de Arte e Cultura de 2016, o projeto pretende inserir a dança em espaços públicos além de garantir um estudo maior ligando dança às novas tecnologias. No mês de fevereiro, por exemplo, será realizado um videodança 360º que está aberto à comunidade.

“Quero trabalhar Improviso Cênico, parkour, dança acrobática, misturar muita informação, desconstruir, reconstruir. Quero dificultar e complexificar tudo que eu puder. Como diria Tom Zé: explicando pra confundir e confundindo para esclarecer. A mistura de dança com parkour é algo absolutamente natural pra mim, já fazia isso antes de conhecer a técnica francesa, conhecida como parkour. Trabalho com a ideia de que cada intérprete deve misturar todo seu histórico corporal para criar sua dança. Dança com parkour mistura bem pra quem gosta, para outros vai ser Balé com Contemporâneo, Capoeira com Moderno, Tai Chi com Contato Improvisação”, acrescenta Diogo.

Sobre o Plano P
O coletivo Plano P tem por finalidade a criação de um espaço de pesquisa em movimentos e processos de criação em dança, que possua um diálogo direto com temas da contemporaneidade. Os quatro intérpretes criadores em dança que compõem o grupo, encontraram no coletivo “Plano P” a oportunidade de realizar trabalhos paralelos às atividades que realizam no cotidiano, de forma que a movimentação desenvolvida se torne extensão de seus trabalhos e os complementem. A criação deste coletivo surge de afinidades e compartilhamentos em comum dos integrantes, que teve início em encontros proporcionado pelo projeto Núcleo Coreográfico SESI/DANÇA UFG.

Diogo Granato
Estudou com muitos dos melhores professores e diretores de dança, teatro e circo do Brasil e alguns de fora, e é membro do “Le Parkour Brasil”, grupo pioneiro do Parkour e do Freerunning no Brasil.Diogo foi professor do Estúdio Nova Dança, e hoje, trabalha no Espaço, sua escola de Dança, Improvisação e Astanga Yoga, que abriga a Cia Nova Dança 4, as Silenciosas e o GT`Aime. Na dança começou aos 12 anos com um curso de consciência corporal dado por Beth Bastos, da técnica do Klauss Vianna, aos 18 começou Contato Improvisação com Tica Lemos, Dança Contemporânea com Lu Favoreto, New Dance com Adriana Grechi, Improvisação Dança-Teatro com Cristiane Paoli Quitoe Tica Lemos e Clown com Cristiane Paoli Quito no Estúdio Nova Dança. Já participou como intérprete criador de dança da Cia Nova Dança (dir. Adriana Grechi), da Cia Wlap (dir. Luis Abreu e Patrícia Werneck).

Cronograma
24/1 - Quarta tem dança na UFG
25/01 - Aula aberta - Inscrições no local a partir das 17h30
• Das 18h30 às 20h
• Valor: inteira R$ 20,00 e meia R$ 10,00
• Local: Praça do Centopéia - Wilton Valente Chaves (Av. Cora Coralina St. Sul, entre as ruas Olinto Manso Pereira e 84 A)

26/01 – casAcorpO – 4 anos PlanoP+CasACorpO
• Jam de Contato e Improvisação
• 19h30 – na casAcorpO

27 e 28/01 - Workshop Contato improvisação PlanoP+CasACorpO
• Das 15h30 às 18h30

28/01 - Work in progress 20h PlanoP+CasACorpO
• Jam após a performance
• Praça do Centopéia - Wilton Valente Chaves (Av. Cora Coralina St. Sul, entre as ruas Olinto Manso Pereira e 84 A)

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

Reportagem Especial

TVDG

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH