coletiva marconii

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), foi questionado nesta terça-feira (14) sobre a possibilidade de cancelamento do concurso público para delegado substituto da Polícia Civil. O chefe do Executivo destacou que “Se ele (concurso) foi contaminado por esta fraude, é claro que tem que ser anulado imediatamente”.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. No último domingo, cinco pessoas foram presas, sendo um agenciador e quadro candidatos. Um homem que também é suspeito de participar das fraudes está sendo procurado pela polícia. Ele agenciava pessoas em cursinhos e em cidades do Entorno do Distrito Federal.

Marconi Perillo parabenizou a polícia goiana por conta dos resultados da investigação deste caso.

“Foi a nossa polícia, os nossos delegados, os nossos agentes que conseguiram desbaratar esta quadrilha que estava tentando fraudar um concurso sério para delegados de polícia. A Polícia goiana é excelente. Tem atuado em diversas frentes. Sempre que há um crime a polícia elucida, é preciso em primeiro lugar dizer que temos uma boa polícia, ela vai, investiga e prende. Essa questão de anular o concurso vai depender das análises técnicas. Se ele foi contaminado por esta fraude, é claro que tem que ser anulado imediatamente”, declarou.

A Secretaria de Gestão e Planejamento informou que aguarda a conclusão das investigações para decidir o que será feito em relação ao concurso que por enquanto está suspenso.

BUSCA