logomarcadiariodegoias2017

Novo titular da Secima, Hwaskar Fagundes. (Imagem: Diário de Goiás)
hwaskar fagundes secima imagem dg

Os novos secretários do governo estadual foram empossados nesta quinta-feira (1º), pelo governador Marconi Perillo (PSDB) e vice-governador José Eliton (PSDB). Os novos titulares vão ocupar o cargo de políticos que vão tentar um novo cargo nas eleições de 2018.

No lugar de Vilmar Rocha (PSD) assume o empresário Hwaskar Fagundes, principal executivo da HF Engenharia e Empreendimentos Ltda, que tem sede em Rio Verde. Ao Diário de Goiás, o novo secretário informou que ainda serão realizadas reuniões com os superintendentes da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima).

“Já tenho reunião agendada amanhã com todos os superintendentes para poder tomar pé de todas as situações, todas as demandas, todos os gargalos possíveis da Secretaria e assim começar meu trabalho. O que estou esperando certeza absoluta é o trabalho que vamos ter, mas nada que não seja possível de ser resolvido. O mais importante é a motivação a qual me encontro e a forma como o convite me foi feito, muito importante, e com certeza vamos tentar e fazer o que a gente puder”, disse.

Hwaskar Fagundes ressaltou que, apesar de ter sido uma indicação do deputado federal Heuler Cruvinel (PSD), não é filiado a nenhum partido político e não soube informar se sua ocupação no governo do Estado poderá fortalecer a aliança do PSD na base aliada.

“Eu sinceramente não tenho conhecimento sobre as alianças. Não sou filiado a nenhum partido, eu fui convidado para fazer a gestão de um cargo público. Fui convidado, talvez pelo meu currículo, mas o cargo é sim do PSD, o convite veio do deputado Heuler Cruvinel, que é da minha cidade, entendeu que é um cargo extremamente importante e que deveria ser ocupado por um gestor técnico”, afirmou.

Segundo o secretário, até o momento o governador e vice repassaram apenas algumas questões emergenciais para serem solucionadas na Secima. “Alguns gargalos que o estado tem em função de algumas licenças que estão bastante demoradas e isso atrasa um pouco o progresso do Estado, mas a gente tem que entender melhor o que está acontecendo. E a questão dos recursos hídricos também. É uma preocupação de todos nós, a falta de água”, concluiu.

Presidente da Agehab, Cleomar Dutra. (Imagem: Diário de Goiás)
cleomar dutra agehab foto dg
A cadeira de presidente da Agência Goiana de Habitação passou de Luiz Stival para Cleomar Dutra Ferreira. Durante a primeira entrevista do novo presidente, Cleomar destacou que será dada continuidade no Programa Goiás na Frente – Habitação, com a construção de 30 mil unidades até o final de 2018.

“Essa é uma indicação do ministro Alexandre Baldy, com convite do governador e vamos dar continuidade ao trabalho que está sendo desenvolvido na Agehab, que é cumprir os programas habitacionais no Estado de Goiás. O governo de Goiás, em 2017, lançou o programa Goiás na Frente Habitação, onde celebramos uma parceria com a Caixa Econômica Federal para contratar até 30 mil unidades habitacionais ao final de 2018”, explicou.

Os demais nomeados são Benitez Brandão Calil, na Secretaria Extraordinária para a Juventude; Edivaldo Cardoso de Paula, na Celg Telecom; João Bosco Bittencour, na Agência Brasil Central; Jarbas Rodrigues Júnior, na Chefia de Comunicação Setorial do Gabinete Particular do Governador; e Lucas Pugliese Tavaes, na Superintendência Executiva da Secima.

Nesta quarta-feira (31), durante entrevista coletiva, o governador Marconi Perillo informou que os demais secretários serão empossados nas próximas semanas, como da Secretaria Cidadã.

Veja vídeos da posse:

 

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH