logomarcadiariodegoias2017

Foi deflagrada nesta terça-feira (30) pela Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA) a Operação Policial Orbitário. Foram cumpridos sete mandados de prisão, de um supervisor do Ciretran de Anápolis e outros seis despachantes, além de nove mandados de busca e apreensão.

Veja a reportagem:

Esta ação é um desdobramento da Operação Intraneus III, deflagrada em dezembro de 2017, quando servidores do Ciretran de Anápolis já haviam sido detidos pelas irregularidades nas transferências de veículos e simulação de vistorias supostamente realizadas, mediante recebimento de propina dos despachantes. Essas “falsas” vistorias e transferências eram realizadas nos municípios de Mundo Novo e São Miguel do Araguaia, onde o serviço ainda não era terceirizado.

Conforme explicação de Gustavo Rigo, os servidores recebiam cerca de R$ 250 para simular as vistorias e as transferências. Ainda não se sabe o valor total da movimentação financeira do esquema e, segundo o delegado, isso só será possível após a conclusão dos bloqueios  judiciais.

De acordo com o delegado responsável pela investigação, Gustavo Rigo, a organização criminosa atuava há cerca de dois anos. Segundo ele, o supervisor do Detran, que era comissionado, tinha a intenção de ampliar o crime montando uma “sucursal móvel”, para que o despachante realizasse as atividades ilícitas no interior do próprio veículo, no estacionamento do local, usando inclusive a internet e a impressora do órgão.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH