logomarcadiariodegoias2017

Marconi Perillo (PSDB) deu a declaração na última sexta, 26. (Imagem: Diário de Goiás)
marconi no gjv imagem dg

A Metrobus poderá ser terceirizada, devido ao alto custo que traz ao governo estadual. A declaração foi dada na última sexta-feira (26) pelo governador Marconi Perillo (PSDB), em entrevista coletiva. Segundo o governador, a terceirização poderá proporcionar melhorias na eficiência do Eixo Anhanguera.

“O Eixo Anhanguera precisa ser terceirizado ou que um consórcio seja realizado para que possa melhorar a eficiência. O governo gasta muito dinheiro todos os meses para manter o subsídio e para manter o Eixo Anhanguera. Nós compramos há três anos 90 ônibus novos, mas esse modelo precisa ter a participação da iniciativa privada, que tem a expertise para resolver esse tipo de assunto. [...] Nós compramos 90 ônibus, terminamos de pagar e estamos conversando com interessados em consorciar-se com a Metrobus. A medida que a gente consiga avançar, certamente quem assumir a gestão do Eixo Anhanguera terá essa responsabilidade”, afirmou.

Ao Diário de Goiás, a assessoria de imrpensa da Metrobus informou que o contrato para formalizar o consórcio ainda está em fase de elaboração, contando, inclusive, com orientações do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO). Assim que finalizado o documento e com o aval do MP-GO, as empresas poderão fazer a assinatura do contrato e a operação será feita em conjunto.

Veja vídeo:

Leia mais:

 

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH