logomarcadiariodegoias2017

Ginecologista foi preso pela Polícia Civil (Foto: PCGO)
ginecologista preso pela deam

Policiais da Delegacia da Mulher fizeram a prisão de um médico ginecologista de 58 anos. De acordo com as investigações, no mês de dezembro de 2017, o médico abusou de outras três pacientes durante das consultas.

Segundo a Polícia Civil, o médico teria submetido as pacientes à prática de atos libidinosos, enquanto procedia aos exames ginecológicos de rotina. Em um dos casos, o médico forçou a vítima à prática de sexo oral. O médico, preso na DEAM, trabalhou por trinta anos em um grande hospital, na região central de Goiânia.

De acordo com a Polícia Civil, o médico foi condenado em 2015 por Crime de Violação Sexual Mediante Fraude, também apurado por esta especializada. A defesa do autor recorreu da decisão e ele continua trabalhando normalmente.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH