logomarcadiariodegoias2017

Jefferson Pureza. (Foto: Perfil Facebook)
jefferson pureza

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO) informou na noite desta quinta-feira (18) que organiza uma força-tarefa para investigar a morte do radialista Jeferson Pureza Lopes. O comunicador foi morto dentro de casa, em Edealina, nesta quarta-feira (17) com três tiros na cabeça.

“A investigação teve início imediatamente após o fato chegar ao conhecimento da Polícia Civil, mas as diligências estão sob sigilo. A corporação informa que, neste momento, o sigilo é fundamental para o bom andamento dos serviços e destaca que oportunamente serão divulgados detalhes”, diz nota a PC-GO.

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH