logomarcadiariodegoias2017

A Defensoria Pública de Goiás (DPE-GO) iniciou o plano de ação relacionado ao sistema prisional do estado, em que serão realizadas entrevistas individuais com os detidos, previamente selecionados por amostragem.

Este será o primeiro trabalho que contemplará os reeducandos da Casa do Albergado, em Aparecida de Goiânia. O objetivo é fazer um diagnóstico de todas as unidades prisionais de Goiás.

O cronograma de atendimentos foi definido após as rebeliões e denúncias sobre violação de direitos humanos no sistema carcerário no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia e outras unidades definitivas e provisórias.

De acordo com a coordenadora do Núcleo de Direitos Humanos, a defensora pública Fernanda Fernandes, com o resultado deste trabalho será produzido um relatório, que embasará ações do Núcleo de Direitos Humanos e Núcleo de Execução Penal.

A partir desta quarta-feira (17) serão realizadas entrevistas na ala feminina da Casa do Albergado, no Complexo Prisional de Aparecida.

 

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH