logomarcadiariodegoias2017

Foto: Marcos Garscha
grupo danca ipog foto marcos garscha

No mês de janeiro o Nômades Grupo de Dança promove a oficina Derivas Urbanas e Dança Contemporânea. O evento conta com atividades gratuitas e ocorrerá nesta quarta (17) e quinta-feira (18), na Escola Superior de Educação Física e Fisioterapia do Estado de Goiás (Eseffego - UEG), das 08h às 12h e das 14h às 18h.

A oficina faz parte do Projeto: O espaço, a gente e outros olhares e conta com atividades gratuitas. Para se inscrever é necessário enviar para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. os dados pessoais (nome telefone) e um resumo da experiência com artes do corpo (dança, teatro, circo). As vagas são limitadas.

A iniciativa já vem ganhando espaço no estado de Goiás e prevê a construção de situações e composições coreográfica para a realização de intervenções artísticas em pontos importantes das cidades. A fundadora do Nômades Grupo de Dança, Diretora Artística e Coreógrafa, Cristiane Santos, explica que a proposta é fazer um diálogo do Nômades com os participantes da ação, trazendo suas percepções: cultura, memória, sentimento sobre os locais, as pessoas, os espaços urbanos que a representam. Isto, por meio de uma busca sensível e intervenção da dança. “As experimentações cênicas irão resultar, além da intervenção, um videodança”, complementa.

Atuando com iniciativas como esta, o Nômades Grupo de Dança reforça sua missão que é criar dança de uma forma inovadora, possibilitando aos públicos acesso às ações, produções e bens culturais artísticos realizados pelo próprio grupo e também por parceiros ao interagir, impulsionar, compartilhar e conectar movimentos afetivos, explica William Bernardes, um dos idealizadores do projeto e Gestor do grupo.

Comemorando 15 anos de existência, o grupo independente já percorreu diversos estados do Brasil com um dos seus espetáculos de maior destaque: o Beladona. Além de ter difundido arte e cultura goiana em várias partes do país, também participou de festivais internacionais como o Festival Danza en La Ciudad, em Bogotá, na Colômbia, e no Festival Internacional de Dança Vortex, na França.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH