logomarcadiariodegoias2017

Um motim ocorreu na madrugada desta segunda-feira (1º) na unidade prisional de Santa Helena, após um agente penitenciário de plantão ter sido feito de refém. Detentos da ala A tentaram invadir a ala B por motivos de vingança antigas. Com isso, os presos da ala B reagiram e quebraram os cadeados das celas.

De acordo com nota divulgada pela Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap), nove detentos foram feridos e encaminhados para a enfermaria do presídio. Após atendimento, retornaram para as celas.

“Seis presos identificados como autores do motim foram recambiados e transferidos para o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia para cumprir Regime Disciplinar Diferenciado (RDD). Foi aberto procedimento administrativo para apuração dos fatos”, informou a nota da Seap.

Leia nota na íntegra:

A Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap) informa que, no início da madrugada desta segunda-feira (1º/01/2018), por volta de 00h15, um agente de plantão foi rendido na unidade prisional de Santa Helena.

Em seguida houve tumulto na ala A, onde presos tentaram invadir a ala B com a intenção de executar vingança motivada por rixas anteriores. Os presos da Ala B reagiram e começaram a quebrar os cadeados das celas.

Os demais servidores de plantão na unidade acionaram a Polícia Militar, que deu apoio na área externa da unidade, e o Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (Gope) que efetuou a liberação do servidor feito refém.

Após procedimentos de contenção, nove presos que se feriram foram encaminhados para atendimento na enfermaria do presídio e retornaram em seguida para suas celas.

Seis presos identificados como autores do motim foram recambiados e transferidos para o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia para cumprir Regime Disciplinar Diferenciado (RDD).

Foi aberto procedimento administrativo para apuração dos fatos.

Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap)

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

BUSCA