logomarcadiariodegoias2017

Marconi e representante do Ministério do Trabalho Igor Franco (Foto: Diário de Goiás)
marconi e igor franco

Foi lançado nesta sexta-feira (29), o programa Qualifica Goiás. A ação tem como finalidade reintegrar os profissionais ao mercado de trabalho, propiciando qualificação, por intermédio de cursos de formação profissional. Na primeira fase do programa, os cursos serão ofertados na modalidade Educação a Distância (EaD), a serem realizados por meio do “Portal Qualifica Goiás”. Já a segunda etapa será composta pela modalidade presencial.

De acordo com a secretária de Cidadania, Lêda Borges, a expectativa é que cerca de 40 mil pessoas sejam atendidas pelo programa no ano de 2018. Ela afirmou que na primeira etapa do Qualifica Goiás serão atendidos reeducandos do sistema prisional.

Veja o vídeo de lançamento do programa

<>

Na segunda etapa haverá a modalidade presencial em 20 cidades polo. Vale ressaltar que serão 2 mil trabalhadores qualificados nesta modalidade. O recurso terá R$ 4 milhões do Fundo de Proteção Social (Protege).

As vagas nos cursos destinam-se preferencialmente aos beneficiários do programa de Seguro Desemprego, do Ministério do Trabalho, aos trabalhadores cadastrados no sistema de intermediação de mão de obra do Sine Goiás, aos integrantes dos programas sociais do Governo de Goiás e aos jovens de família de baixa renda em busca do primeiro emprego.

O projeto pretende beneficiar aproximadamente 40 mil trabalhadores até o final de 2018. E já na pré-fase do programa, a realizar-se ainda este ano, contempla um acordo de cooperação entre a Secretaria de Segurança Pública (SSPAP) e a Secretaria Cidadã, para a qualificação dos reeducandos das unidades prisionais do Estado. Os cursos, para este público, serão em sistema offline com a consequente remição de suas penas. Posteriormente será lançado o portal qualifica.goias.go.gov.br.

Segundo a secretária Lêda Borges, os cursos oferecidos atenderão às demandas dos setores de indústria, comércio, serviço, turismo e tecnologia da informação.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH