logomarcadiariodegoias2017

O governador Marconi Perillo e o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, assinam nesta sexta-feira (29), no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, os contratos de investimentos de R$ 380 milhões para obras de saneamento em Anápolis, Goiânia e Aparecida de Goiânia. Os recursos são do programa “Saneamento Para Todos” e fruto de intensa luta do governador junto ao Governo Federal.

O investimento irá possibilitar a execução de obras como o Linhão Goiânia-Aparecida, que promoverá a integração dos dois municípios a partir do Sistema Produtor Mauro Borges, bem como a ampliação do Sistema de Abastecimento de Água em Anápolis.

A operação de crédito, que é feita pela Caixa Econômica Federal, prevê o aporte de cerca de R$ 115 milhões para Anápolis, sendo R$ 11,4 milhões deles em contrapartida da Prefeitura; e R$ 264 milhões para Aparecida - R$ 26 milhões em contrapartida. Por este recurso a capital também será beneficiada, porque parte dele será para construir o linhão, desde o Sistema Produtor Mauro Borges, até a cidade de Aparecida de Goiânia. Como passará automaticamente por Goiânia, servirá para futuras expansões de redes de água na capital.

Os valores só serão disponibilizados após o cumprimento de demandas legais pelas prefeituras dos dois municípios e pela Saneago. O prazo previsto para o encaminhamento da documentação é até o final desta semana.

As prefeituras e a Saneago, pelo visto, já cumpriram essas exigências, porque amanhã, às 14 horas, na Sala de Reunião do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, a agenda do governador Marconi traz a informação de que será firmado o contrato entre o Governo de Goiás/Secima/Saneago e o Ministério das Cidades/Caixa Econômica Federal concretizando o repasse desses investimentos.

O objetivo do programa, segundo informações da Caixa, é o de promover “a melhoria das condições de saúde e da qualidade de vida da população por meio de ações integradas e articuladas de saneamento básico no âmbito urbano com outras políticas setoriais, por meio de empreendimentos financiados ao setor público ou privado”.

De acordo com o prefeito de Anápolis, Roberto Naves e Siqueira, a assinatura do contrato irá possibilitar a ampliação, melhoria e reestruturação do Sistema de Abastecimento de Água da Cidade. “Para a gente é muito importante, nesse último dia útil do ano, levar essa notícia a todos os cidadãos anapolinos.  Uma cidade que sofre por décadas por falta de água e nós sabemos que água é qualidade de vida, água é saúde. Com esse dinheiro que a Caixa Econômica Federal disponibilizou através de financiamento para a Saneago, finalmente poderá ser construído, tanto a barragem como a Nova Estação de Tratamento. Isso com certeza irá melhorar e muito a qualidade de vida da população anapolina.

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, destacou a importância da viabilização dos recursos do Ministério das Cidades para Anápolis e Aparecida. “Nos permitirá solucionar definitivamente a questão da água e do esgoto. São essas parcerias que, com certeza, trazem frutos e desenvolvimento para as nossas cidades”, declarou o prefeito sobre o anúncio do ministro.

“Representa um grande avanço, boa parte de Aparecida sofre com a falta de água e com essa parceria nós vamos poder receber esse tão importante benefício. O sentimento é de gratidão e comemoração por parte de todos os moradores de Aparecida. Serão usados no Linhão, são R$ 264 milhões, que vão construir o Linhão, e é a solução definitiva para a falta de água em Aparecida”, comemora Gustavo Mendanha.

De acordo com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, o Ministérios das Cidades tem como prioridade o saneamento de água. “Saneamento de água, abastecimento de água é uma das prioridades por parte do Ministério das Cidades, nos quais hoje, no último dia do anos, celebramos quase R$ 1 bilhão em novos contratos em quatro Estados do Brasil. E com muita alegria venho aqui assinar com o Estado de Goiás, com o município de Goiânia, região metropolitana e com o município de Anápolis investimentos de R$ 380 milhões. E é claro, o empenho do ministério das cidades, da Caixa Econômica Federal e do Governo do Estado de Goiás para que pudesse com uma rapidez muito grande ser celebrada”, ressalta.  

“Com este investimento que está sendo promovido hoje pelo Ministério das Cidades com a Saneago, eu acredito que Anápolis chegará com abastecimento de água com uma captação de aproximadamente 1800 litros por segundo. Isso você imagina, a capacidade de oferta de água aos cidadão anapolinos, se compararmos com o número de habitantes da cidade Goiânia e a cidade metropolitana”, completa Baldy.

O ministro Alexandre Baldy ainda reconheceu o esforço do governador Marconi Perillo na luta para a concretização desses benefícios, com inúmeras idas a Brasília, das quais ele também participou como deputado federal, e comemorou, pelas redes sociais, o investimento para Anápolis, onde tem base política. “Neste momento, anuncio oficialmente o enquadramento pela Saneago, junto ao Ministério das Cidades, para realizar investimentos na ordem de 115 milhões de reais, em obra cujo objetivo é de contribuir para o abastecimento de água na cidade de Anápolis”, escreveu.

Veja ao vivo:

 

 Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

BUSCA