logomarcadiariodegoias2017

Prefeito Iris Rezende (PMDB). (Imagem: Diário de Goiás)
iris coletiva imagem dg

A Conferência Nacional das Guardas Municipais do Brasil (CONGM) repudiou, por meio de nota, a posição do prefeito de Goiânia, Iris Rezende, em relação a Guarda Civil Metropolitana. De acordo com a nota, “recebemos com absoluta indignação a decisão do Prefeito em abandonar a segurança da população para garantir a segurança dos prédios públicos”.

Para a CONGM, a Guarda Metropolitana tem desenvolvido um papel fundamental na cidade, e pode contribuir mais ainda no sentido de assegurar a segurança da população se for valorizada, estruturadas e bem equipada.

“A Guarda Civil Metropolitana é um órgão constituinte da segurança pública com poder de polícia para desenvolver as competências que a lei estabeleceu objetivando garantir primordialmente a segurança da população e também do patrimônio”, diz a nota.

Ainda de acordo com a Conferência, a decisão do prefeito é desastrosa, retrógrada e equivocada. “Estamos na expectativa que o Prefeito reavalie e reveja sua posição e fortaleça a atuação da Guarda Metropolitana para assegurar à população mais segurança”.

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

BUSCA