logomarcadiariodegoias2017

Após a determinação do prefeito de Goiânia,Iris Rezende, para que os agentes da Guarda Civil Metropolitana (CGM) sejam retirados das rondas nas ruas da capital e passem a fazer o policiamento de imóveis públicos, o porta-voz do órgão afirmou que isso não muda o trabalho operacional dos agentes.

De acordo com o porta-voz da GCM, Valdsom Batista, os agentes continuarão realizando um policiamento preventivo e não, ostensivo. Segundo ele, a única diferença é que agora será necessária a solicitação da guarda para o atendimento de ocorrências pelo número 153.

Veja a entrevista:

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH