logomarcadiariodegoias2017

Inauguração ocorreu nesta quinta, 14. (Foto: Cristina Cabral)
meninas de luz em pirenopolis foto cristina cabral

Uma unidade do Programa Meninas de Luz, da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), foi inaugurada pela presidente de honra da instituição, Valéria Perillo, nesta quinta-feira (14), na cidade de Pirenópolis. O diretor geral da Organização, Major Augusto, o prefeito, João do Léo, e a primeira-dama e secretaria de desenvolvimento social do município, Nair Cabral, participaram da solenidade, no Bairro Bonfim. O Programa de apoio a adolescentes grávidas de até 21 anos irá atender inicialmente 22 jovens pirenopolinas. Uma sala foi decorada especialmente para abrigar o Meninas de Luz, com uma mesa ornamentada como se fosse para um chá de fraldas, berço montado, desenhos nas paredes e uma cômoda com kit de higiene confeccionado com material reciclado – artesanato que será tema de oficina do programa.

Já consolidado na capital, o Meninas de Luz passa por processo de expansão no interior do Estado. Alto Paraíso, Orizona, Porangatu e Cavalcante já têm unidades do programa. Em todos os municípios onde está em funcionamento, a OVG realiza o treinamento prévio dos técnicos da prefeitura, além de acompanhar o trabalho e doar kits de enxovais para bebês. Cabe ao município fornecer o local onde ocorrerá o atendimento. No encontro com as adolescentes, a presidente de honra da OVG, Valéria Perillo, falou sobre o carinho que tem pelo programa e a satisfação de ver sua ampliação pelo interior do Estado. “Não existe missão mais importante que cuidar da vida de um filho, especialmente no começo, fase tão bela, delicada e frágil. Idealizar um projeto com esse objetivo, implementá-lo e acompanhar seus bons resultados são ações que nos enchem de orgulho, agora multiplicada com a expansão desse trabalho no interior”, relatou. 

A primeira-dama e secretaria de desenvolvimento social de Pirenópolis, Nair Cabral, já está com a equipe pronta para atuar no programa. “Nossa equipe de psicologia e assistência social realizou algumas palestras e tivemos um retorno muito positivo. Logo vamos montar um consultório médico ao lado para atender exclusivamente as jovens”, afirma. Também empolgado com a inauguração do Programa, o prefeito João do Léo agradeceu a parceria com a OVG e Governo do Estado. “A gestão compartilhada é uma forma de levar apoio a quem mais precisa”, garante. 

Samira Ribeiro de Melo, de 14 anos, foi a primeira futura mamãe a chegar ao espaço para a inauguração. Grávida de 6 meses, a espera de Davi, junto com a mãe, Craudirene da Veiga, estava ansiosa para receber as orientações. “Quero muito aprender a como dar banho no meu filho e sobre todos os cuidados que devo ter quando ele nascer”, conta  animada. 

O programa Meninas de Luz visa assegurar às gestantes, de até 21 anos, direitos fundamentais e uma perspectiva de inclusão social. Uma equipe multiprofissional trabalha temas relacionados à educação sexual, planejamento familiar, cuidados com o bebê e direitos do cidadão. Após o nascimento, mãe e filho continuam recebendo apoio por um ano, incluindo a doação de medicamentos contraceptivos. Desenvolvido em Goiânia desde abril de 1999, o Meninas de Luz atende, na capital, anualmente, cerca de 800 adolescentes e jovens e chega ao número de cerca de 5 mil grávidas atendidas desde a sua criação.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

BUSCA