Divulgação/Polícia Militar
droga apreendida gordinho foto pm

Uma adolescente de 15 anos foi resgatada em uma residência no Setor Nova Esperança, em Goiânia, nesta terça-feira (5). Ela era mantida em cárcere privado há cerca de 11 meses.

De acordo com a Polícia Militar, a corporação recebeu informações de que no endereço, onde funciona um lavajato, estaria ocorrendo tráfico de drogas. No local, foi encontrado Wanderson Rodrigues Sousa, de 20 anos, conhecido como “Gordinho”. Ao notar a presença dos policiais ele teve atitudes suspeitas e jogou algo no chão.

A equipe do choque revistou a casa localizada no fundo do estabelecimento e ouviu barulhos em um dos cômodos, que estava com a porta trancada. Ao abrirem a porta, os policiais a adolescente. “Ela contou que eles se conheceram no final do ano passado e no início deste ano começaram a morar juntos e os problemas começaram. A jovem relatou que ele a privava de comida, bebida, a fez cortar o cabelo, não deixava ela se comunicar com os familiares e mantinha relações contra sua vontade”, relatou o soldado Alexandre Eufrásio, ao jornal O Popular.

Ainda segundo o soldado, a adolescente contou que já tinha tentado fugir e foi para a casa de uma avó, mas Wanderson a encontrou, fez ameaças e a trouxe de volta.

A adolescente disse que a mãe dela morreu há cerca de sete meses e durante o período no cárcere sua avó fraturou o fêmur e Wanderson não a deixou ajudar nos cuidados. A jovem foi entregue aos cuidados de uma tia, que contou a polícia que ficou sem notícias da garota por cerca de quatro meses.

“Gordinho” foi preso. Na casa foram apreendidos maconha, crack, uma balança de precisão e três munições calibre 32.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA