Após as críticas públicas do prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PTB), de que o governo estadual não estaria honrando os compromissos e estaria deixando de ajudar a Prefeitura, o governador Marconi Perillo (PSDB) rebateu as declarações e disse que nunca houve tanto investimento destinado à Anápolis como em seu governo.

“O volume de obras em Anápolis é extraordinariamente grande. São cerca de R$ 700 milhões de investimentos em Anápolis nos últimos anos. [...] A uma cobrança pública, estou dando uma resposta pública, uma explicação, que, na minha opinião, é uma explicação contundente e que tem a ver com os fatos. Ninguém nunca investiu nem 10% do que estamos investindo em Anápolis. Foi o maior investimento de todos os tempos em todas as áreas”, disse.

Em entrevista ao programa VIVA VOZ, do Diário de Goiás, Marconi listou as obras do Estado que estão em fase de conclusão e que deverão ser entregues em 2018.

“O Aeroporto de Cargas já está pronto, a pista já está pronta, estamos fazendo agora os pátios. Será o segundo maior do Brasil, era preciso fazer um grande pátio de cargas para embarque e desembarque. Espero que nos próximos meses já fique pronto todo esse complexo. Será um Aeroporto de primeiro mundo. Só nesta fase são quase R$ 70 milhões investidos, fora o que já foi investido, quase R$ 300 milhões. As obras do Centro de Convenções e Cultura, que será um dos maiores do Centro-Oeste, também estão a pleno vapor, devem terminar agora nos próximos meses e já vamos entregar, possivelmente com um convênio com a Universidade Estadual de Goiás. O presídio para 300 vagas já está pronto, estamos apenas fazendo uma reforma agora porque tivemos que transferir os presos do Cepaigo em determinado momento. Nós queremos entregar à comunidade reformado após essa ocupação, que foi temporária. O Centro de Apoio Sócio Educativo, que vai abrigar menores infratores, está pronto também. É uma obra fantástica, que já está concluída e deverá começar a funcionar – se já não começou. O Anel Viário, eu paguei na semana passada mais de R$ 3 milhões para que as obras sejam concluídas. Vai desafogar muito o tráfego na região do DAIA. Além de um convênio que estamos fazendo com o prefeito, em que o governo está repassando de graça, sem nenhum ônus para a Prefeitura, R$ 15 milhões, para que o prefeito possa tocar vários projetos. É claro que não dá para passar o dinheiro sem que a gente tenha os documentos, as certidões e os projetos. Talvez isso possa irritar o prefeito, mas é uma exigência para todos. Estou fazendo convênios com todos os municípios goianos, inclusive Goiânia, com o prefeito Iris Rezende. [...] Estamos também terminando a ampliação do Hospital de Urgências de Anápolis. Vamos entregar mais cinco ou seis mil metros quadrados novos de área construída”, explicou.

Falta de água

Em relação à falta de água no município, o governador destacou que será realizada transposição de água do Rio Capivari para o Rio Piancó. A previsão é de que sejam investidos aproximadamente R$ 100 milhões.

Apoio político

Questionado sobre a possibilidade de não ter o apoio de Roberto Naves nas eleições de 2018, que faz parte da base aliada, caso “os problemas não sejam solucionados”, o tucano enfatizou que as obras serão entregues independente de condições.

“Não há condicionante, o prefeito está ali para apoiar quem ele quiser. O compromisso de levar obras para Anápolis independe de condicionantes. Nós vamos levar porque são compromissos meus com Anápolis, eu também sou de Anápolis, sempre fui muito bem votado e tenho um compromisso direto com a população anapolina. Essas obras foram compromissos meus ao longo dos meus governos. Eu já conclui praticamente tudo e vou conclui-las independentemente de qualquer condicionante”, concluiu.

Veja a entrevista na íntegra:

 

Veja entrevista de Roberto Naves:

Leia mais:

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA