O prefeito de Goiânia, Iris Rezende, assinou na manhã desta quarta-feira (29), o decreto de regulamentação de antenas de telecomunicações. O documento institui novas regras para o licenciamento e instalação de torres e antenas de telefonia e internet na capital.

Dentre as principais alterações trazidas pelo decreto está a implementação de um processo único e simplificado de licenciamento das torres e antenas que reduzirá em cerca de 90% o prazo médio para autorização de instalação e atividade dos equipamentos. O prazo deve ser reduzido de até 36 meses para 60 dias.

De acordo com o diretor executivo do Sinditelebrasil, Carlos Fernando Duprat, de forma geral, houve um aumento de 40% ao ano no tráfego de dados, o que acarretou em uma sobrecarga das redes, consequentemente diminuindo a qualidade dos serviços. Segundo ele, a assinatura do decreto atende aos anseios da população, que preza pela qualidade do serviço de telecomunicações.

O presidente da Associação Brasileira de Infraestrutura para Telecomunicações, Lourenço Pinto Coelho, afirmou que a cidade de Goiânia, atualmente, tem 312 torres, e dessas, cerca de 70% não tem o licenciamento. Para ele, com a assinatura do decreto, o número de torres e antenas deve praticamente dobrar em dois anos.

Já o prefeito Iris Rezende acredita que com esses investimentos, o município passará da 96° colocação para uma das cinco melhores cidades em qualidade de telefonia e internet. 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA