black friday

Seis estabelecimentos comerciais foram multados pelo PROCON Goiânia nesta sexta-feira (24), data em que ocorre a chamada Black Friday. Lojas situadas em dois shoppings da capital e no Centro de Goiânia foram autuadas por possível propaganda enganosa.

De acordo com o superintendente municipal de Defesa do Consumidor, José Alício de Mesquita, as equipes visitaram cinco grandes shoppings de Goiânia. Duas lojas situadas no Flamboyant e outra no Passeio das Águas. Segundo o superintendente, 20 lojas no Centro de Goiânia foram fiscalizadas. Em três estabelecimentos que vendem eletrodomésticos, o PROCON também identificou irregularidades.

Segundo José Alício de Mesquita, tanto nos shoppings quanto nas lojas de rua, o grande problema é que os preços anunciados estavam mais baixos, mas na hora que o consumidor iria fazer o pagamento, o preço estava mais alto. As lojas poderão ser multadas, as penas variam entre R$ 600 e R$ 8 milhões. As empresas terão prazo de dez dias para apresentar as justificativas senão a multa será aplicada.

José Alício de Mesquita declarou que nos últimos 30 dias, o PROCON fez um acompanhamento dos preços para saber se as empresas iriam aumentar o valor para diminuir nesta Black Friday e dizer que está em promoção, sendo que na verdade o preço voltou a ser o mesmo de antes. O superintendente destacou que a fiscalização continua para analisar este tipo de irregularidade.

Leia mais

Venda de roupas cresce 30% com Black Friday antecipada

Black Friday: Claro oferece descontos de 90% em aparelhos

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA