atirador de jovem em alexania

Parte do depoimento Misael Pereira, de 19 anos, à Polícia Civil de Alexânia nesta segunda-feira (6) foi divulgado no programa Cidade Alerta, da TV Record. À PC-GO, o jovem disse que tinha muita gente dentro da sala de aula no momento em que entrou para matar Raphaella Noviski, mas o foco era a adolescente, de 16 anos.

“Tinha muita gente, mas eu só estava procurando ela para matar. Mirei na cabeça”, disse o detido. Segundo Misael, ele ficou a aproximadamente meio metro de distância da vítima para efetuar os disparos.

O jovem também informou que ninguém sabia que ele cometeria o crime e que adquiriu a arma há cerca de três meses.

Ao Diário de Goiás, a responsável pelas investigações, delegada Rafaela Azzi, informou que a motivação do crime teria sido rejeição. "Ele disse que era por ódio. Tinha tentado se aproximar algumas vezes e foi rejeitado. Ele contou que o ódio foi crescendo, crescendo", afirmou.

O caso

Um jovem de 19 anos invadiu a Escola Estadual 13 de Maio nesta segunda-feira (6) e atirou contra Raphaella Noviski, de 16 anos. A adolescente não resistiu aos ferimentos e morreu na sala de aula. Após o crime, o suspeito tentou fugir, mas foi detido em flagrante por policiais militares. O arma utilizada também foi apreendida.

Veja o depoimento de Misael Pereira, de 19 anos:

 

Leia mais:

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA