isadora atentado

A adolescente Isadora de Morais baleada no atentado do Colégio Goyases segue internada e sem previsão de alta. Conforme o boletim do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde ela está, a jovem de 14 anos segue em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado regular, orientada, consciente, respirando de forma espontânea, mas com auxílio de oxigênio.

Uma das balas que atingiu a garota causou uma lesão medular, na décima vértebra torácica, deixando a adolescente paraplégica. Ela também foi atingida no tórax e realizou procedimentos cirúrgicos em razão de uma infecção pulmonar.

O caso

No último dia 20 de outubro, por voltas das 11h50 durante o intervalo de duas aulas, um adolescente de 14 anos, estudante do Colégio Goyases tirou uma pistola .40 da mochila e atirou contra os colegas dentro da sala de aula.

O atentado tirou a vida de dois adolescentes, o João Vitor Gomes e João Pedro Calembo, ambos de 13 anos, e deixou Hyago Marques, Marcela Rocha Macedo, Isadora de Morais e Lara Fleury Borges feridos. O suspeito dos disparos foi apreendido e encaminhado para a Delegacia Estadual de Atos Infracionais (DEPAI). 

Leia mais:

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA