jose vitti assembleia legislativa do estado de goias

Reafirmando o caráter social da contratação de estagiários, o presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), assinou ato em conjunto com os demais integrantes da Mesa Diretora para otimizar o programa e estabelecer medidas de controle da jornada dos estudantes universitários na Casa.

De acordo com Vitti, os estagiários devem se submeter a controle de ponto eletrônico e não podem exercer atividades fora do Palácio Alfredo Nasser, sede do Legislativo goiano. 435 estagiários cumprem jornada de quatro horas diárias na Assembleia.

Destinados a estudantes de cursos de nível superior o programa de estágios da Assembleia Legislativa custa menos de 1% de todo o orçamento da Casa e oportuniza a primeira experiência de trabalho para jovens universitários. 

O presidente da Casa afirma que se trata de um projeto social do Legislativo e os estudantes, além de capacitação com treinamentos e cursos, também auxiliam no desenvolvimento dos trabalhos da Casa. Os estagiários são lotados em diversas áreas da administração da Assembleia.

Vitti observa que cada instituição tem políticas e critérios próprios em relação aos processos de gestão e contratação de estagiários. Na Assembleia, o programa segue um padrão estabelecido há mais de oito anos. 

A gestão de Vitti tem seguido as definições impostas pelo contrato, firmado em 2016, preenchendo o quantitativo dentro dos limites estabelecidos, que é de no máximo 450 estagiários.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA