logomarcadiariodegoias2017

hospital de urgencias de goiania

Uma das adolescentes que estavam internadas no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) em decorrência ao atentado no Colégio Goyases recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira (3). Boletim de saúde da M. R. M. divulgado pela assessoria do Hugo não tem mais informações, apenas a alta.

A outra adolescente I.M.S. permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em estado regular, orientada, consciente, respirando de forma espontânea e com auxílio de oxigênio. A jovem perdeu os movimentos da perna devido a uma lesão medular e ainda não tem previsão de alta.

O caso

Um adolescente de 14 anos atirou em seis colegas de turma no dia 20 de outubro. Na ocasião, dois adolescentes morreram e quatro ficaram feridos. Dos feridos, duas jovens ainda estão internadas no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Uma delas teve uma lesão medular e ficou paraplégica. De acordo com os médicos, a lesão é permanente e ainda não há previsão de que a adolescente volte a andar.

Desde o dia 20 de outubro, as aulas do Colégio Goyases estavam suspensas. As atividades foram retomadas nesta segunda-feira (30). Tanto alunos quanto os pais receberam atendimento psicológico.

Leia mais:

 

 

 

 

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

BUSCA