hospital de urgencias de goiania

Uma das adolescentes que estavam internadas no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) em decorrência ao atentado no Colégio Goyases recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira (3). Boletim de saúde da M. R. M. divulgado pela assessoria do Hugo não tem mais informações, apenas a alta.

A outra adolescente I.M.S. permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em estado regular, orientada, consciente, respirando de forma espontânea e com auxílio de oxigênio. A jovem perdeu os movimentos da perna devido a uma lesão medular e ainda não tem previsão de alta.

O caso

Um adolescente de 14 anos atirou em seis colegas de turma no dia 20 de outubro. Na ocasião, dois adolescentes morreram e quatro ficaram feridos. Dos feridos, duas jovens ainda estão internadas no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Uma delas teve uma lesão medular e ficou paraplégica. De acordo com os médicos, a lesão é permanente e ainda não há previsão de que a adolescente volte a andar.

Desde o dia 20 de outubro, as aulas do Colégio Goyases estavam suspensas. As atividades foram retomadas nesta segunda-feira (30). Tanto alunos quanto os pais receberam atendimento psicológico.

Leia mais:

 

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA