marconi perillo 42 congresso da ubes e unes foto humberto silva 01O governador Marconi Perillo abriu o Palácio das Esmeraldas (Salão Verde) para estudantes que participaram do lançamento do 42º Congresso da União Brasileira de Estudantes Secundaristas / União Nacional dos Estudantes (UBES/UNE), o maior encontro de secundaristas da América Latina, que será realizado de 29 novembro a 2 de dezembro próximo. “Eu quero parabenizar o governador pela recepção porque todos os estudantes, quando vêm aqui, sentem-se sempre muito bem acolhidos e prestigiados”, declarou a presidente da UNE, Marianna Dias. A solenidade foi realizada na manhã desta quarta-feira (1º/11).

 Em discurso, Marconi Perillo relembrou sua carreira como auxiliar do ex-governador Henrique Santillo, suas atuações como parlamentar e os embates que travou junto com os estudantes que lutaram por mais espaço na política. “Se fosse outro governador ele poderia dizer: ‘Mas nós vamos apoiar essas pessoas para elas nos xingarem?’ Eu sempre respeitei o contraditório, a diversidade de ideias. Eu tenho respeito pela luta de todos que construíram, ao longo do tempo, a UBES e a UNE”, ressaltou.

 À frente do Governo de Goiás pela quarta vez, Marconi  pontuou que sempre trabalhou para “ampliar o espaço de participação da juventude”. Prova disso é que “o Passe Livre Estudantil já é realidade para mais de 100 mil alunos. Tem a Bolsa Universitária que serviu de modelo para o ProUni. Eu sempre defendi as causas da escola pública. Uma das primeiras brigas que eu tive como deputado foi a garantia de meia-entrada para estudantes. Eu sempre procurei valorizar a cultura popular”.

 O vice-governador Zé Eliton deu as boas-vindas aos estudantes secundaristas, ao dizer que “Goiás os recebe de braços abertos porque aqui nós temos a tradição de defender a diversidade das  ideias, das opiniões e a construção conjunta de um Estado melhor”.

 Estiveram presentes, ainda, o secretário de Estado de Governo, Tayrone Di Martino; a secretária de Educação, Cultura e Esporte, Raquel Teixeira; o superintendente da Juventude, Leonardo Felipe; a presidente da UBES, Camila Lanes, parlamentares da Assembleia Legislativa de Goiás e da Câmara Municipal de Goiânia e estudantes.

42º Congresso - Os participantes do 42º Congresso na União Brasileira de Estudantes Secundaristas / União Nacional dos Estudantes (UBES/UNE) vão decidir, em Goiânia, os rumos do movimento estudantil e eleger a nova diretoria da UBES para o período 2017-2019. A presidente da UBES, Camila Lanes, acredita que mais de 10 mil estudantes estarão presentes. “Nós estamos dispostos a discutir, com os estudantes secundaristas e entidades representativas, temas relacionados à educação, tecnologia e cultura. Vamos consolidar também as pautas e as bandeiras da próxima gestão da UBES”, afirmou a dirigente.

 Goiás é destaque - O Estado de Goiás se destaca no cenário nacional pelos investimentos em educação e cultura. Na área da educação, os professores tiveram reajuste salarial de até 34% e passaram a receber auxílio alimentação, estão sendo construídas Escolas Padrão Século XXI, salas de aula são climatizadas, a Rede Itego está presente em todas as regiões do Estado com cursos profissionalizantes e estudantes são beneficiados com a gratuidade do transporte público, entre os principais benefícios. “Na área da educação, por exemplo, nós vamos inaugurar 22 escolas, entre novembro e dezembro, no Entorno do Distrito Federal. Em quatro anos deste mandato do governador Marconi Perillo deverão ter sido inauguradas 62 escolas, o que é um recorde”, frisou Raquel Teixeira.

Goiás está entre os cinco estados brasileiros que mais investem em cultura no país, totalizando, para 2017, cerca de R$ 60 milhões por meio dos principais mecanismos de fomento ao setor em Goiás, o Fundo de Arte e Cultura (FAC) e o Programa Estadual de Incentivo à Cultura (Lei Goyazes). A secretária da Educação explicou que “com a crise fiscal, finanças é a área que primeiro sofre cortes e a da cultura. Mas em Goiás foi diferente. Nós temos investido até mais do que em anos anteriores. Esse ano foram R$ 40 milhões só Fundo de Cultura, R$ 9 milhões da Lei Goyazes e já foi aberto essa semana o novo edital da Lei Goyazes, com mais R$ 10 milhões; temos também o Circuito Cultural da Praça Cívica. Todas essas ações são fruto do investimento continuado do governador Marconi Perillo”.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA