Imagem: Larissa Laudano
selo alimento confiavel

A partir de agora, alguns dos alimentos nas prateleiras do supermercado terão um selo Alimento Confiável, de origem ao projeto lançado nesta segunda-feira (16) pelo sindicato das Indústrias de Alimentação no Estado de Goiás (Siaeg). O Programa Alimento Confiável tem como objetivo fortalecer e melhorar a competitividade das indústrias de alimentos de Goiás, além de reconhecer a qualidade dos produtos.

“O Alimento Confiável vai capacitar as empresas locais, estimular as empresas locais para que processem cada vez mais esses alimentos. Dando o selo de qualidade, melhorando esses produtos para que tenham mais competitividade tanto no Estado quanto no mercado internacional”, explica o presidente da Siaeg, Sandro Mabel.

O secretário de Desenvolvimento, Francisco Pontes conta de que forma o Estado está engajado no projeto. “O Estado está aqui hoje no sentido de apoiar esse novo programa do Siaeg, sendo parceiro dele nesse ideia. Pois, para o Estado é importantíssimo que os nossos alimentos do Estado de Goiás chegue a mesa de todos os brasileiros com um alimento confiável, um alimento certificado”, esclarece.

O programa irá fornecer para as indústrias o reconhecimento de acordo com as boas práticas de fabricação, por meio da concessão do Selo Alimento Confiável que será impresso nas embalagens dos produtos certificados. 

De acordo com a gerente de qualidade da GSA Alimentos, Tallita Nunes é importante que as empresas procurem o sindicato para atestar a qualidade e possuir o selo. “Esse selo é uma representação para o consumidor de como os alimentos que estarão em Goiás são confiáveis. É mostrando que a nossa industrialização traz qualidade desde o início, quando a matéria prima chega na indústria até o momento da expedição. [...] Esse selo complementa a legislação que já é exigida e garante confiabilidade nos produtos, com produtos saudáveis, gostosos e agora confiáveis.

O secretário  conta como as empresas de alimento podem adquirir o selo de qualidade. “O sindicato vai lançar o selo, ai existe a assistemática de aquisição desse selo. A indústria tem que se comprometer em várias etapas da segurança alimentar desses alimentos e uma vez que a indústria cumpriu com todos os objetivos, todas as exigências do selo, ela recebe o selo que poderá colocar em seu alimento e daí garantir aos seus consumidores um alimento realmente confiável”, esclarece.

Segundo o governador Marconi Perillo, é importante que a ideia seja de fato aplicada, pois isso trará facilidade ao consumidor na hora de reconhecer um alimento com boa qualidade. “É interessante que vocês adotem em escala, capilarizem essa ideia por toda parte, para que o consumidor ao buscar uma glândula ele vai lá olhar se tem o selo. Se tem o selo do Alimento Confiável eu posso comprar, pois está sem qualquer chance do alimento de ser ruim ou de má qualidade. Então é uma ótima ideia”, incentiva.

O governador conta que houve um engajamento e envolvimento de todos os participantes por trás do projeto. “E claro, tem que manter o selo. O trabalho é contínuo, é constante para a manutenção dessa acreditação e desse selo de qualidade”, completa.

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA