Imagem aérea da Operação Divisor de Águas em Jataí (Foto: PM)
operacao jatai

Na manhã desta terça-feira (3) foi desencadeada a “Operação Divisor de Águas” na cidade de Jataí. A operação por partes dos órgãos de segurança pública e sistema penitenciário tem como objetivo combater o tráfico de drogas de forma tática e ostensiva. A ação contou com a participação do Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer), Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Batalhão de Polícia Militar de Choque, Cavalaria, Companhia de Policiamento Especializado (CPE), 15ª Batalhão da Polícia Militar, Polícia Civil e a Superintendência da Administração Penitenciária.

A ação tem o intuito de cumprir medidas cautelares, expedidas pelo Poder Judiciário. Até o momento, já forma conduzidos até a delegacia de Jataí 11 pessoas. No total, foram expedidos 21 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão.  

Como conta o delegado regional, Ederson Bueno todos os mandados de busca e apreensão foram cumpridos. Já entre os quatro mandados de prisão, um foi cumprido. Durante a operação, quatro pessoas foram autuadas em flagrantes por crime de tráfico de drogas, além da apreensão de um adolescente pelo mesmo crime. Além das pessoas, foram apreendidas drogas que iriam ser comercializadas, quantias em dinheiro e aparelhos celulares.

De acordo Coronel Ricardo Mendes comandante da 14º CRPM, a operação busca sessar as ações criminosas em busca da paz em Jataí. “Foram empregados mais de 130 policiais civis e policiais militares nessa operação, aonde houve o cumprimento de mandados de busca apreensão e também de prisões”, conta.

A operação percorreu diversos bairros da cidade, dentre eles São Bento, Cidade Jardim, o Centro da Cidade, um total de 21 locais. “Em todos os bairros onde foram identificados os alvos, nos quais tinhas os mandados, eles foram cumpridos”, completa o delegado.  

A ação dos policiais que começou nesta terça-feira (3) não tem data para terminar. De acordo com o coronel, o tempo indeterminado é uma estratégia das policias. “A partir de agora, a polícia dará continuidade a outra etapa da ação, que até o memento realizou a parte ostensiva”, ressalta Ricardo Mendes.

A operação também está acontecendo dentro do presídio no Presídio Municipal de Jataí. É uma operação integrada pela Secretaria de Segurança Pública e perpassa pelo sistema prisional. O objetivo é identificar presos que possivelmente estão envolvidos com ações criminosas fora do presídio. “Há uma necessidade de uma intervenção operacional naquele estabelecimento e hoje foi realizado pelo Grupo de Operações Penitenciárias (GOP) essa intervenção. E está acontecendo as buscas e varredouras nas selas do Presídio Municipal de Jataí”, acrescenta o coronel.

Leia mais:

 

 

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA