acidente joao 2Após a morte do cineasta João Henrique de Almeida Pacheco, 23 anos, na última sexta-feira (22), a Delegacia de Investigação de Crimes de Trânsito (Dict) iniciou uma investigação para apurar as causa do acidente, que ocorreu em 24 de julho de 2017, na Avenida Universitária, em Goiânia.

Na tarde desta segunda-feira (25) a titular da Dict, delegada Nilda Andrade, foi ao local do acidente e informou que um motociclista teria desrespeitado a sinalização do semáforo, o que resultou no acidente e morte do cineasta. “Quando a vítima tenta frear a bicicleta, perde o controle da direção e cai ao solo”, disse a delegada.

Nilda Andrade ressaltou que qualquer pessoa que tiver informações sobre o motociclista deverá entrar em contato com a Dict ou com o disque-denúncia na Polícia Civil, pelo número 197.

Repercussão

Também nesta segunda-feira (25) a delegada rebateu uma matéria veiculada em jornal impresso sobre a falta de investigação do caso. Segundo Nilda Andrade, o crime de lesão corporal é culposo e, enquanto João Henrique estava internado, era necessário uma representação da parte da vítima para iniciar as investigações.

“O delegado só pode instaurar a investigação após a representação. Assim sendo, o inquérito não foi instaurado porque ninguém por parte da vítima compareceu à Delegacia com tal finalidade, faltando, portanto, legitimidade para a autoridade policial investigar o caso”, informou Nilda Andrade.acidente joao 3

No entanto, com a morte de João Henrique, o delegado pode agir de ofício e iniciar as investigações, o que ocorreu nesta segunda-feira.

O caso

João Henrique de Almeida Pacheco, 23 anos, morreu nesta sexta-feira (22) após ficar dois meses internado no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). O cineasta foi atropelado em 24 de julho enquanto pedalava na Avenida Universitária, em Goiânia.

De acordo com nota do Hugo, João Henrique chegou à unidade em estado de coma, com Traumatismo Crânio Encefálico grave. O jovem foi submetido a duas cirurgias pela equipe de neurocirurgia e encaminhado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Ainda conforme nota do Hospital, o paciente recebeu acompanhamento multidisciplinar, mas não resistiu e morreu nesta sexta-feira. O corpo foi conduzido ao Instituto Médico Legal (IML).

Veja vídeo:

Leia mais:

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA